Blog do Jeso



Prefeita de Placas assina termo de adesão ao projeto Pará Sustentável

Prefeita de Placas assina termo de adesão ao projeto Pará Sustentável, Raquel - Pará SustentávelRaquel Brandão assina o termo de adesão ao projeto Pará Sustentável

 
A prefeita de Placas, Raquel Brandão, participou em Belém da instalação do Fórum Permanente de Prefeitos e Prefeitas do Pará Sustentável, de iniciativa do governo Simão Jatene.

Estiveram presentes no evento, realizado ontem, 26, no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia, 76 prefeitos, 10 vice-prefeitos e 5 representantes diretos, totalizando 91 municípios paraenses.

Leia também
TCE mantém decisão que reprovou contas de ex-prefeito de Placas

Raquel Brandão assinou o termo de adesão ao Pará Sustentável.

Presente na solenidade, o governador Simão Jatene explicou que o novo programa nasceu para combater a pobreza e a desigualdade, tendo como premissa atingir os objetivos do desenvolvimento definidos pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Ler mais

  •  
  •  
  • 1
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    2
    Shares

Curta metragem “BR 163, a rodovia sem fim” será lançado hoje em Santarém

Curta metragem “BR 163, a rodovia sem fim” será lançado hoje em Santarém, BR 163, Emanuel JúlioEmanuel Júlio Leite e a BR 163 como tema de seu novo trabalho

 
“BR 163, a rodovia sem fim” é o título do curta metragem que o produtor audiovisual Emanuel Júlio Leite leva aos espectadores a uma viagem de Santarém, no oeste Pará, a Sinop, no norte do Mato Grosso.

Neste link, o trailler do filme.

Leia também
Universidade pública pode cobrar por curso de especialização, decide STF

Um dos personagens dessa aventura é o empresário Ivair Chaves, que pôde ver de perto as dificuldades estruturais nos trechos não pavimentados da rodovia provocadas pelo inverno rigoroso deste ano, quando a BR 163 foi destaque na imprensa nacional.

As chuvas, atoleiros, caminhões parados e os desafios dos que trafegam pela rodovia são retratados no documentário produzido por uma equipe formada somente por profissionais da região.

Ler mais

  •  
  •  
  • 1
  • 2
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    3
    Shares

Tribunal de Brasília mantém sentença que livrou Jaime Silva de condenação

O ex-prefeito de Óbidos obteve na última terça-feira, 25, uma importante vitória no TRF1

Tribunal de Brasília mantém decisão que livrou Jaime Silva de condenação. FotoJ - Jaime Silva, Óbidos

A sentença da Justiça Federal de Santarém, de 2015, que rejeitou a condenação do ex-prefeito de Óbidos Jaime Silva (PMDB – foto) por improbidade administrativa foi mantida em novo julgamento realizado no TRF1 (Tribunal Regional Federal), da 1ª Região, com sede em Brasília.

A Terceira Turma do TRF1, à unanimidade, manteve a decisão na última terça-feira, 25.

Neste link, a íntegra da sentença.

O recurso de apelação contra a decisão de 1º grau foi ajuizado pelo MPF (Ministério Público Federal) e Incra.
 
3 PÁGINAS
 
Jaime Silva foi processado sob a alegação de não ter feito a prestação de contas de 2 convênios firmados com o Incra, com repasse de recursos para Prefeitura de Óbidos, em 2006.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Votação governista na reforma trabalhista: PSDB e DEM foram os mais fiéis

Votação governista na reforma trabalhista: PSDB e DEM foram os mais fiéis, reforma trabalhista, votação na Camara

Coluna Painel, a Folha de S. Paulo, hoje, 27

Encerrada a votação do texto base da reforma trabalhista, o governo avisou aos líderes de partidos aliados que haveria reunião na tarde desta quinta (27) no Planalto.

A pauta: infidelidade e exonerações.

DEM e PSDB foram os mais fiéis. No PSB, que disse ter fechado questão contra, 14 dos 30 deputados que votaram foram a favor.

Aliados de Temer ficaram irritados com o Pros, que tem cinco parlamentares, quatro contra a reforma.

Ler mais

  •  
  •  
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    1
    Share

TCE mantém decisão que reprovou contas de ex-prefeito de Placas

Santo Pereira, ex-prefeito de PlacasSanto Pereira, ex-prefeito do Placas

 
O TCE (Tribunal de Contas do Estado) manteve a decisão, em julgamento realizado em 2011, que reprovou uma das prestações de contas do ex-prefeito de Placas Santo Pereira, do PT.

O petista entrou com recurso contra a decisão, acolhido pelo tribunal.

A corte paraense, no entanto, decidiu manter a decisão. No Ler Mais, abaixo, o acordão.

Santo Pereira integra a lista dos políticos inelegíveis do Pará.

Leia também
Prefeitura de Placas e TJ firmam convênio para modernização da Justiça

Ler mais

  •  
  •  
  • 1
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    2
    Shares

Busca por palavra “suicídio” aumentou 100%; suicida deixa vídeo gravado em Santarém

Buscas por palavra

As buscas pela palavra “suicídio” no Google aumentaram 100% no Brasil na terceira semana de abril, na comparação com o mesmo período de 2015. A empresa também registrou aumento repentino na procura por expressões como “suicídio indolor” e “suicídio rápido”. A informação é da BBC Brasil.

Neste mesmo mês, que marcou o lançamento no país da série 13 Reasons Why – produção da Netflix sobre uma adolescente que registra em vídeo os motivos que a levaram a se suicidar -, houve um boom nas buscas por imagens relacionadas a suicídio.

[Neste link, veja o vídeo que um jovem santareno – Paulo Victor Bento – deixou gravado antes de se suicidar, fato ocorrido na última segunda-feira, 24. Ele era homossexual. “Ninguém escolher ser gay. A gente nasce gay”, desabafou.]

Abril também trouxe notícias sobre suicídios consumados e tentados em diferentes Estados do país, como Paraná, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Paraíba.
 
EFEITO DEVASTADOR
 
Em alguns casos, a polícia investiga possível relação com um jogo virtual chamado Baleia Azul, que estaria induzindo adolescentes a automutilações e ao suicídio.

Ler mais

  •  
  •  
  • 1
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    2
    Shares

Frase do dia

Frase do dia, de Lúcio Flávio Pinto. Foto - Danilo Verpa/Folhapres

O Tribunal de Justiça do Pará cometeu uma façanha: censurou a pena por ele próprio aplicada”

Lúcio Flávio Pinto, jornalista, sobre a pena de censura aplicada ontem, 26, pelo TJ paraense a um juiz a quem o Judiciário apenas se refere pelas inciais C.D.F.L.

  •  
  •  
  • 1
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    2
    Shares

Improbidade em Juruti: ação contra Henrique deve ser sentenciada até dezembro

A ação de improbidade administrativa foi ajuizada em 2014 pelo ex-prefeito Marquinho Dolzane

Improbidade em Juruti: ação contra Henrique deve ser sentenciada até dezembro, henrique costa e west limaHenrique Costa ao lado do vice-prefeito West Lima

 
O Blog do Jeso detectou movimentação hoje, 26, no processo movido pelo ex-prefeito de Juruti Marquinho Dolzanes (PSD) contra o atual ocupante do cargo Henrique Costa (PT) por crime de improbidade administrativa.

O processo tramita desde 2014 na Vara Única de Juruti, sob o comando da juíza Karise Assad.

A previsão é que ainda neste ano o caso seja sentenciado, por conta da Meta 4 do CNJ (Conselho Nacional de Justiça).

Leia também
Juruti fecha contrato de R$ 1 milhão com 3 profissionais liberais sem licitação

Marquinho acusa Henrique de entregar com atraso a prestação de contas de convênios firmados entre a prefeitura e secretarias estaduais distintas, no período em que o petista foi prefeito entre 2005 e 2012.

Neste link, o contraponto de Henrique.

Ler mais

  •  
  • 1
  • 1
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    3
    Shares

Universidade pública pode cobrar por curso de especialização, decide STF

A decisão do Supremo Tribunal Federal, julgada hoje, vale como repercussão geral

Universidade pública pode cobrar por curso de especialização, decide STF, ufopaA Ufopa, com sede em Santarém, já pode cobrar por curso de pós-graduação

 
O STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu nesta quarta (26) que as universidades públicas podem cobrar mensalidade em curso de especialização lato sensu (como pós-graduação). A informação é da Folha de S. Paulo.

Os cursos de mestrado e doutorado (stricto sensu) continuam com gratuidade garantida.

Leia também
1ª universidade federal do interior da Amazônia, Ufopa ignora Marcha pela Ciência

Nove ministros seguiram o voto do relator, Edson Fachin. O ministro Marco Aurélio votou contra, e Celso de Mello não estava presente no julgamento.

A decisão tem repercussão geral, ou seja, vai vai para todas as instâncias do Judiciário. Outros 51 casos estão esperando a decisão do STF.

Ler mais

  •  
  •  
  • 1
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    2
    Shares

Videos

Canal direto

Canal Diteto

Prestação de Contas

Twitter


Colunistas

Sites e blogs

Publicidade