Naufrágio. Porto de Moz

A embarcação que afundou do rio Xingu, antes de chegar em Vitória do Xingu

Um barco com 70 pessoas a bordo naufragou no rio Xingu, no Pará, na noite desta terça-feira (22). Segundo o Corpo de Bombeiros, 25 sobreviventes e outros sete corpos já foram resgatados. Os demais ocupantes da embarcação continuavam desaparecidos até esta publicação, segundo o jornal Folha de S. Paulo.

O barco-motor, batizado de “Comandante Ribeiro”, saiu do porto da Praça Tiradentes, em Santarém, na noite da última segunda (21), e teria como destino a cidade de Vitória do Xingu (PA).

No meio do trajeto, a embarcação fez conexões nas cidades de Prainha e Monte Alegre. Por volta das 18h desta terça realizou uma terceira parada no município de Porto de Moz, onde recebeu cerca de 40 novos passageiros.

A principal suspeita é de que uma tempestade teria provocado o naufrágio após a embarcação deixar Porto de Moz. O barco afundou em Vila do Maruá, uma região conhecida por “Ponta Grande”.

Os sete corpos localizados na manhã desta quarta (23) são de cinco adultos, um adolescente e uma criança —todos foram levados para Porto de Moz. A assessoria do Corpo de Bombeiros confirmou que a embarcação estava com 70 passageiros aproximadamente, mas não informou o número exato.

O Corpo de Bombeiros montou uma operação com o auxílio de mergulhadores para localizar as vítimas. A Capitania dos Portos do Amapá enviou uma lancha ao local do acidente para realizar buscas e coletar informações. A Marinha também informou que deslocou o navio-patrulha “Bocaina” para reforçar as operações de resgate.

Dois inquéritos —um administrativo e outro criminal —-serão instaurados por Marinha e Polícia Civil para apurar causas, circunstâncias e responsabilidades do acidente.

A embarcação de passageiros Comandante Ribeiro, com cerca de 70 pessoas a bordo, naufragou no começo da madrugada de hoje (23), no Pará, numa região conhecida como Ponte Grande do Xingu, localizada entre os municípios de Senador José Porfírio e Porto de Moz, no Rio Xingu.

Até o momento, segundo informação da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social do estado (Segup), sete corpos foram resgatados. De acordo com o órgão, trabalham no local do naufrágio equipes das defesas Civil de Belém, Senador José Porfirio e Vitória do Xingu.

PERITOS DA POLÍCIA

A Segup informou também que a embarcação saiu de Santarém, com escala nos municípios de Monte Alegre e Prainha, e destino Vitória do Xingu.

As causas do naufrágio já estão sendo investigadas pela Polícia Civil, que enviou peritos para Ponte Grande do Xingu. A Capitania dos Portos do Pará informou que o Centro de Comando de Operações de Busca mandou uma equipe para o local.

Leia também
Choque entre navio e comboio de balsas: TV esteve no local do acidente; vídeo

  • 540
    Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *