Folha publica reportagem sobre os 200 anos da saga de Carl Martius na Amazônia, Von Martius na Amazônia
Mapa da viagem de Carl Martius na Amazônia

Em reportagem de fôlego publicada na Folha de S. Paulo, o jornalista José Hamilton Ribeiro a saga, que completou 200 anos, de um jovem alemão na Amazônia e que “sobreviveu a meses de medo e delírio na linha do equador”.

“Há dois séculos um alemão de 23 anos, músico e médico, veio de Munique —na comitiva da princesa Maria Leopoldina, da Áustria, futura imperatriz do Brasil— para embrenhar-se nas matas brasileiras com a tarefa de fazer um inventário da natureza no país”, escreve Ribeiro, autor do livro “O Gosto da Guerra”.

Von martius 2

“De nome Carl Friedrich Philipp Martius, ele não veio só. Acompanhou-o o zoólogo Johann Baptist Spix, da Real Academia da Baviera. Dividiram o serviço assim: Martius, ligado em botânica, registraria as plantas e tudo mais que fosse do interesse da ciência; Spix observaria os bichos e tudo mais que fosse do interesse da ciência.”

Os dois passaram por Santarém, onde se encontra o crucifixo que Martius mandou fazer na Alemanha e o enviou para a cidade, para agradecer ao milagre de estar vivo.

Von Martius
Crucifixo doado por Martius à diocese de Santarém (PA)

Neste link, a ótima matéria.

Leia também:
Jornalista do EUA escreve biografia do marechal Rondon; livro será lançado em abril

  • 110
    Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *