Barco é transformado em obra de arte

Barco Voador: obra de Aguilar

por Sávio Carneiro, de Alter do Chão (*)

O CAT (Centro de Atendimento ao Turista), em Alter do Chão, virou desde ontem (30) palco de exposição de uma obra chamada Barco Voador, de autoria do artista plástico José Roberto Aguilar, natural de São Paulo.

Roberto Aguilar

Roberto Aguilar, artista de SP

Barco Voador é uma imensa tela, cujo alicerce é o casco de um barco de madeira, que segundo o artista, é a mais antiga embarcação da vila. O casco foi comprado, restaurado e pintado por Aguilar e mais dois ajudantes.

A obra foi concluída em 2 dias.

No casco da embarcação, foram feitos desenhos, pinturas, e escrito o nomes de pessoas nativas de Alter do Chão.

“Foi uma maneira de homenagear o povo desse lugar tão bonito”, revelou Aguilar, que tem 72 anos, e é também escultor e artista multimídia. Ele é considerado o pioneiro na utilização do vídeo como linguagem artística. Suas obras são voltadas para vida urbana, comum abordagem vibrante e expressiva. Ele é irmão do crítico de arte Nelson Aguilar.

Aguilar ficou conhecido por criar a maior tela já pintada no mundo. Ela cobriu a Oca (Centro de Exposições Imigrantes) no Parque do Ibirapuera, em São Paulo. Para fazê-la, o artista gastou 3.700 litros de tinta vinílica, fabricados especialmente para esse trabalho.

Por essa proeza, Aguilar entrou para o Guinness Book, o livro dos recordes.

Barco Voador

Barco Voador, homemagem aos moradores de Alter do Chão. Foto: Sávio Carneiro

– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –  –

* É repórter do blog no Distrito de Alter do Chão.

Leia também:
Apresentador é estrela da TV na Holanda.
Documentário começa a ser gravado hoje.

Compartilhe:

Notícias Relacionadas

7 Comentários

  1. Jeso e Sávio,

    Temos acompanhdo as perfomances deste paulista que merece o título de mocorongo, por conhecer profundamente as coisas aqui do Tapajós. Amanhã dia 02/02, o movimento de Roda de Curimbó, estará fazendo junto com o artista, moradores, visitantes e turista, o barco voador literalmente voar. Depois no espaço Alter, o Roda estará comemorando seu terceiro ano de celebração as folias do Sairé e quem quiser ver o artista carimbolando, é só se a chegar e chamegar junto.
    Convido a todos(a) leitores e adeptos de boas novas pós Santa Maria, a se integrarem no grande movimento de reconhecendo do carimbó como patrimônio cultural brasileiro, participando junto com amigos e familia, dia 09/02 na orla da cidade do show do Roda de Curimbó da Apa de Alter. Tragam seus chapéus de boto (homens) e saia de carimbó (as mulheres). Os indecisos podem vim com suas próprias fantasias, rs

  2. Fábio Pena says:

    Muito bacana mesmo,

    A obra do Aguilar deve ter uma atenção especial. É um artista apaixonado pela Amazônia, especialmente pelo Tapajós e tem vindo frequentemente à nossa região.

    É um dos grandes nomes das artes plásticas do país, pintor, escultor e artista multimídia. Basta um clique no google ou youtube pelo nome de José Roberto Aguilar para conhecer um pouco mais do artista, ou para conhecê-lo pessoalmente basta uma volta num carimbó em Alter do Chão.

    Não é hoje que vem pintando barcos no Tapajós. Neste vídeo de 2007, Aguilar aparece pintando uma ambulancha do Projeto Saúde e Alegria.

    http://www.youtube.com/watch?v=BCkzq1shvyw

    E aqui o lado musical, na sua Banda Perfomática, com participação especial do Jorge Mautner

    http://www.youtube.com/watch?v=TpYSVssE1CA

    E pra conhecer mais essa figura, tem esse site:
    http://www.aguilar.art.br

    Valeu Aguilar, mocorongo de coração.

  3. Bora says:

    Daqui uns dias vai ficar em exposição em um terreno próximo à praça do Sairé.
    Tudo na amazonia fenece imagina os “legados” deixados por gente de fora.
    Belíssima como as idéias do Tibério.

  4. Tiberio Alloggio says:

    Grande Aguiar !!!

    Uma homenagem belíssima para Alter do Chão, a Vila que escolheu para passar seu tempo livre.

    Espera-se que o Município e a Vila saibam valoriza e e fazer bom uso desse presente artístico.

    Tiberio Alloggio

  5. Creuza Andrea says:

    Olá, gostaria que o Sávio informe sobre se é uma obra que permanecerá lá ou é de caráter temporário.

  6. Fernando Reis says:

    Agora só falta o poder publico valorizar este espaço na vila, que encontra-se abandonado desde a sua inauguração!

Deixe uma resposta

css.php