Documentário sobre os bastidores da usina de Jirau   será exibido e debatido na 5ª em Santarém
Jirau, usina construída em Rondônia

Uma construção faraônica que alojou 25 mil operários em meio à floresta amazônica. Uma obra que custou R$ 15 bilhões e consumiu mais de dois milhões de metros cúbicos de concreto para barrar um imponente rio. Um processo de licenciamento que custou a cabeça da linha de frente do Ibama. Um empreendimento que despertou ambições, paixões e iras.

A hidrelétrica de Jirau, na ex-pequena vila de Jaci-Paraná, em Rondônia, é o ponto de partida do documentário Jaci – Sete Pecados de Uma Obra Amazônica, produzido pela organização Repórter Brasil e que será exibido e discutido na quinta-feira (8), às 19 horas, na Petiscaria do Holandês Voador, que fica na rua Floriano Peixoto, nº 276, no Centro de Santarém.

 

O cinedebate será mediado pelo mestre em Direitos Humanos e servidor do Ministério Público Federal (MPF) em Santarém Rodrigo Magalhães de Oliveira.

O objetivo do evento é proporcionar uma reflexão sobre os riscos socioambientais representados por megaobras de hidrelétricas, projetos que ainda não foram arquivados pelo governo federal para a região de Santarém.

Por meio de depoimentos de autoridades e especialistas, além das diversas pessoas que tiveram suas vidas transformadas pela obra, o documentário Jaci – Sete Pecados de Uma Obra Amazônica ajuda a pintar um retrato em cores vivas dos impactos sociais, ambientais e trabalhistas da construção de uma hidrelétrica.

JARDIM DO OURO

Para a região do Tapajós existem projetos e empreendimentos voltados à geração de energia elétrica por meio de usinas de grande porte, o chamado “Complexo Hidrelétrico do Tapajós”, conjunto de sete grandes hidrelétricas projetadas para a área (São Luiz do Tapajós, Jatobá, Jamanxin, Cachoeira de Caí, Cachoeira dos Patos, Chacorão e Jardim do Ouro), além de cerca de 30 pequenas centrais hidrelétricas com áreas de aproveitamento já inventariadas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Serviço:
Cinedebate sobre o filme Jaci – Sete Pecados de Uma Obra Amazônica
Data: quinta-feira, dia 08
Horário: 19h00
Local: Petiscaria do Holandês Voador
Endereço: rua Floriano Peixoto, nº 276

Com informações do MPF

— LEIA também: Justiça absolve ex-prefeito e mais 13 réus acusados de desvio de recursos do Fundef

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *