Inédito | Final do Servifest deste ano será realizada no Marajó, em julho. ádria goes

Ádria Goes, intérprete da melhor música do ano passado do Servifest

Em sua 16ª edição, o Festival de Música do Servidor Público (Servifest) terá final realizada pela primeira vez fora da capital, na região do Marajó, durante o mês de julho.

Promovido pelo Governo do Pará, por meio da Escola de Governança Pública do Estado do Pará – EGPA, o festival foi criado para dar visibilidade ao talento musical do servidor público.

Reforçando as duas linhas de atuação da EGPA: a capacitação e a valorização do funcionalismo, o evento abriu espaço para servidores de outros municípios participarem, em 2015, e ano passado, premiou pela primeira vez um servidor de fora da capital: Wander de Andrade, da Secretaria de Estado de Educação (Seduc/Santarém).

“No Servifest, o servidor tem a oportunidade de mostrar todo o seu talento, e uma das nossas missões é contemplar todo o estado através do evento, que já figura entre os grandes festivais de música do Brasil. A interiorização quer buscar servidores em todos os cantos do Pará, para que tenham oportunidade de participar dessa festa”, disse o diretor geral da EGPA, Danilo Alho.

Diferente do que acontecia até o ano passado, quando a final classificatória do festival reunia 4 vencedores dos três polos (Belém, Marajó e Baixo Amazonas), dessa vez os 12 participantes da final, no Marajó (município ainda não escolhido) serão pré-selecionados por um júri formado por três músicos.

De cada um dos três polos, sairão quatro classificados.

“Ano passado, tivemos pela primeira vez, os três primeiros lugares representando por cada um dos três polos. Isso foi um estímulo para realizar esse sonho, levando essa final para o interior pela primeira vez, porque acreditamos não ser possível apenas na capital fazer um evento dessa envergadura”, disse a coordenadora do Servifest, Andréa Cavalero.

BRAÇOS DA ESPERA

Em sua 15ª edição, no ano passado, o festival teve pela primeira vez um campeão do interior do estado. Foi o servidor Wander de Andrade, da Seduc/Santarém.

Com “Braços da Espera”, interpretada por sua mulher Ádria Góes, ele levou para casa R$ 15 mil de prêmio e arrebatou o público com a poesia de um homem a espera de sua amada em um cais no município de Óbidos, onde o servidor nasceu.

Wander é um entusiasta da iniciativa da EGPA de levar a grande final para o interior do estado. “É interessante ver esse evento sair da capital para prestigiar esse imenso Pará e valorizar cada vez mais os talentos, tantas vezes desconhecidos de servidor e ajudar a realizar sonhos”, destacou o compositor.

INSCRIÇÕES

As inscrições para o 16º Servifest iniciaram no dia 23 de abril e vão até o dia 25 de maio. Qualquer servidor estadual ou municipal pode se inscrever.

As inscrições podem ser feitas de três formas: presencial (na sede da EGPA: Av. Nazaré, 871 – entre Travessa Quintino Bocaiúva e Rua Joaquim Nabuco, no bairro Nazaré. CEP. 66.035-145; via Sedex (para a sede da EGPA) e de forma online, através do e-mail servfest.egpa@gmail.com

Com informações da Agência Pará

Leia também:
Cineasta santareno lança seu 2º filme: “Covato, desenterre seus segredos”

  • 20
    Shares

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Um comentário em: Inédito | Final do Servifest deste ano será realizada no Marajó, em julho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *