Remédio à base de pimenta é criado nos EUA para combater a obesidade, E por falar em pimentas...

Pimenteira. Foto: Carla Cordeiro/Flickr

Um novo medicamento baseado em capsaicina – composto que dá a ardência, ou picância à pimenta, foi criado nos Estados Unidos e causou a perda de peso a longo prazo.

A droga, desenvolvida por cientistas da Universidade da Escola de Farmácia Wyoming, melhorou a saúde metabólica em ratos que comiam uma dieta rica em gordura, de acordo com os estudos.

A Metabocin, libera lentamente a capsaicina ao longo do dia para que ele possa exercer o seu efeito anti-obesidade, sem produzir inflamação ou efeitos colaterais adversos.

“Observamos melhorias marcantes nos níveis de açúcar no sangue e colesterol, resposta à insulina e sintomas de doença hepática gordurosa”, relatou o Dr. Baskaran Thyagarajan, responsável pelo estudo.

Ele apresentou os resultados esta semana na reunião anual da Sociedade para o Estudo do Comportamento Ingestivo, a principal conferência internacional de especialistas em alimentos e ingestão de líquidos.

EFEITOS ADVERSOS

O Metabocin, que pode ser tomado por via oral, para atingir receptores denominados TRPV1 (subfamília vanilóide potencial do receptor transiente 1) que são encontrados em grande número nas células adiposas.

Estimular os receptores TRPV1 faz com que as células de gordura branca comecem a queimar energia em vez de armazená-la, o que, teoricamente, deveria causar perda de peso.

Os pesquisadores queriam saber se a droga permanece eficaz quando usada a longo prazo e se os efeitos adversos superam seus benefícios.

A droga permaneceu por 8 meses nos ratos, mantendo a perda de peso sem evidência de problemas de segurança.

“Ele se mostrou seguro e foi bem tolerado pelos ratos”, concluiu Thyagarajan.

“Desenvolver o Metabocin como um potente tratamento anti-obesidade mostra-se promissor como parte de uma estratégia robusta para ajudar as pessoas que lutam contra a obesidade.”

PIMENTA NA COMIDA

Os cientistas alertam que não adianta colocar mais pimenta na comida para tentar perder peso.

A maior parte da capsaicina na comida picante não é bem absorvida pelo corpo, portanto, não produziria esses efeitos.

Os pesquisadores revelam que modificaram especificamente a capsaicina no Metabocin para absorção adequada e liberação sustentada.

Atualmente, um em cada três indivíduos em todo o mundo está acima do peso ou obeso.

Exercício e dieta são a recomendação padrão, mas são difíceis para a maioria das pessoas manterem a longo prazo, e o ganho de peso geralmente ocorre.

Com informações do site Só Notícia Boa

Leia também:
Ministério Público lança disque-denúncia exclusivo da Perfuga, e regionaliza a operação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *