Blog do Jeso


acidente

“Para mim, a mata tem mistérios“, diz deputado que também se perdeu na floresta

Do deputado estadual petista Airton Faleiro [foto], sobre o post Universitária não largou o facão na noite que passou perdida na floresta:

“Para mim, a mata tem mistérios“, diz deputado que também se perdeu na florestaBrenda, emocionante seu relato. Já passei por isso.

Também fiquei uma noite perdido na floresta, qdo morava na Transamazônica. Foi a noite mais longa da minha vida.

Como você, também não levei o principal – fogo. Te falo uma coisa: acredite quem quiser, para mim, a mata tem mistérios.

Assim como você, eu também pegava um rumo e quando me dava conta estava no mesmo lugar. Isso me ocorreu por quatro ou cinco vezes.

Você fez certo em não se apavorar.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Universitária não largou o facão na noite que passou perdida na floresta

Foto – Ascom/Ufopa
Universitária não largou o facão na noite que passou perdida na floresta
Brenda Rodrigues, na noite escura da floresta manteve a calma

Depoimento à jornalista Márcia Reis

Há quatros anos cursando Engenharia Florestal na Ufopa (Universidade Federal do Oeste do Pará), Brenda Letícia Rodrigues, 21, ao perceber que estava perdida na floresta, no cair da noite, agiu rápido: procurou um abrigo para passar a madrugada até que dia clareasse.

Ela estava na Floresta Nacional do Tapajós, participando de aula prática do curso.

Mesmo depois do acontecido, a universitária garante que não tem medo de voltar à floresta – e narra como tudo aconteceu.

♦ ♦ ♦ ♦

“Antes de qualquer coisa, quero agradecer a todas as pessoas que pensaram em mim naquele momento, que torceram por mim. Teve gente que nem me conhece e orou por mim. Queria agradecer muito, porque quando cheguei na base me senti muito aliviada de saber o empenho das pessoas em me procurar.

Como monitora, fui delegada pra monitorar dois grupos. A distância entre um e outro era de 50 metros. Eu me desloquei de um grupo para o outro, e nisso fui me guiando pela trilha que já estava aberta pela marcação das parcelas. Como a professora explicou que eles marcam com piquetes e TNT, achei muito estranho, pois não encontrei o grupo. Mas eu ainda continuava na trilha.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O incêndio que destruiu as lojas “Fim do Mundo” em 10 fotos

Um incêndio, iniciado por volta das 4h30 da manhã de hoje, destruiu as três lojas Fim do Mundo, travessa Rui Barbosa, no centro de Santarém.

A causa do fogo ainda é desconhecida.

Suspeita-se, porém, que deve ter sido provocado por um curto-circuito.

O incêndio já foi controlado há poucas horas pelo Corpo de Bombeiros. Pequenas lojas no entorno chegaram a ser ameaçadas pelo fogo. Por isso, mercadorias e objetos foram retirados às pressas, e colocados na rua.

Confira o episódio em 10 fotos de Jeso Carneiro.

1. O funcionário e as chamas

incêndio, Fim do Mundo. FogoUm dos funcionários da da Fim do Mundo [camisa amarela] assiste, desolado, ao fogo consumir a loja

2. Fim do Mundo 1, 2 e 3

Incêndio

As três lojas Fim do Mundo ardem em fogo sob os olhares da multidão, ainda nas primeiras horas da manhã ensolarada de hoje

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Foto do dia. Fogo destroi agência flutuante da Caixa

Agencia flutuante da Caixa pega fogo no Pará

A única agência flutuante da Caixa Econômica Federal no Pará pegou fogo hoje à tarde, por volta as 16h30, na cidade de Curralinho, ilha do Marajó, no Pará.

O blog apurou que o incêndio iniciou na sala técnica da embarcação. Não conseguiram controlar o fogo por que o acesso à sala só tinha acesso por trava eletrônica.

Nenhum dos tripulantes e os 3 funcionários da Caixa sofreram qualquer dano físico.

Leia também – Focos de calor e queimadas no Pará.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Reitora da Ufopa se envolve em acidente automobilístico em Santarém

Reitora Raimunda Monteiro

Número 1 da Ufopa (Universidade Federal do Oeste do Pará), Raimunda Monteiro [foto] está no, digamos, estaleiro.

Vítima de acidente automobilístico no domingo, 17, quando trafegava na estrada que liga a rodovia Curuá-Una ao restaurante Mutunuy, ela recolhida ao seu lar desde então.

Leia também – Em 2016, número de doutores da Ufopa deve superar a marca de 200.

Os danos maiores do acidente foram materiais.

A reitora sofreu apenas, felizmente, algumas escoriações. Passa bem. E está despachando as demandas mais urgentes da Ufopa na sua própria residência.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Queda de avião de Eduardo Campos foi causada por erros de pilotos, diz FAB

EDUARDO CAMPOS

A conclusão da investigação da Aeronáutica sobre a morte do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos é que o avião caiu devido a desorientação e falta de habilidade dos pilotos, que não seguiram procedimentos de pouso em condições meteorológicas adversas. A informação e da Folha de S. Paulo.

Leia também – Ex-número 1 da Cargill, Giovannini abre a temporada 2016 da seção No Salto.

Eduardo Campos morreu em Santos (SP), em 13 de agosto de 2014, às 10h03, após o avião em que voava, um Cessna Citation modelo 560XLS, de prefixo PR-AFA, cair sobre um bairro residencial.

Outras seis pessoas morreram no acidente.

Campos tinha 49 anos e era candidato à Presidência da República pelo PSB. Após sua morte, Marina Silva, postulante a vice, assumiu a candidatura e terminou as eleições em terceiro lugar.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Três dias depois, corpo de corretor de imóveis aparece em Belterra

Fotos: Celivaldo Carneiro

Corretor de imóveis resgtado pelo policiais do Corpo de BombeirosCorpo de Marcelo resgatado pelo bombeiros militares hoje de manhã

Será logo mais às 15h, no cemitério de Nossa Senhora dos Mártires, em Santarém, o sepultamento de Marcelo Leite, 38 anos, que estava desaparecido desde sábado (26), depois dele mergulhar no rio Tapajós, em Alter do Chão.

Leia também: Igarapé de Jamaraquá: exposto e vulnerável.

Hoje, por volta das 9h30, o corpo dele foi encontrado numa praia, já no município de Belterra.

O resgate foi feito pelo Corpo de Bombeiros.

Natural de Belém, Marcelo Leite era corretor de imóveis e solteiro. Deixou órfã uma filha de apenas 8 anos.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Naufrágio de embarcação com 90 pessoas completa 5 anos

Naufrágio do Almirante Barroso. dezembro de 2009

Amanhã (21) é dia de aniversário de um acidente fluvial fatídico ocorrido no oeste do Pará.

Há 5 anos, o barco/motor Almirante Barroso ia ao fundo do rio Amazonas com cerca de 90 pessoas a bordo, próximo a cidade de Monte Alegre.Naufrágio de embarcação com 90 pessoas completa 5 anos.

13 pessoas morreram no acidente, entre elas a santarena Francileuza Ferreira. O filho que a acompanhava, Breno, conseguiu sobreviver.

No Leia Mais, abaixo, a lista dos mortos.

À época, o dono do “Almirante Barroso”, Raimundo Duarte Maciel, chegou a ser preso, por homicídio doloso, quando há intenção de matar, por ordem da juíza Maria Augusta Freitas da Cunha.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Números. Naufrágio pode gerar indenização de R$ 71 milhões

Naufrágio Haidar: bois vivos

71 milhões de reais
Valor da indenização que o MPF, MP do Pará, PGE e DP do Pará cobram na Justiça dos responsáveis pelo naufrágio do navio Haidar, com cerca de 5 mil bois vivos, em Barcarena, e a consequente contaminação ambiental no entorno. A ação foi ajuizada na quarta-feira (16), na Justiça Federal em Belém.

15 milhões de reais
Parte do valor total da indenização referente aos maus-tratos e crueldade com animais. Para Barcarena, o montante pedido é de R$ 35 milhões, e para Abaetetuba, o cálculo é de R$ 1,4 milhão.

6 réus
Número de integrantes do polo passivo da ação. São eles: Husei Sleiman e Tamara Shiping, donos no navio Haidar; a empresa Minerva S.A, a dona da carga de bois vivos; Global Agência Máritima e Norte Trading Operadora Portuária, responsáveis pelo embarque dos bois, e a CDP (Companhia Docas do Pará), dona do porto de Vila do Conde.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Resgate continua sem a retirada dos corpos

72 horas depois de localizado os destroços do bimotor da Jotan, que caiu com 5 pessoas a bordo há cerca de 35 km de Jacareacanga, nenhum corpo foi retirado até agora de dentro do aparelho.

A informação foi repassada há pouco ao blog pelo delegado Lucivelton Santos, da Polícia Civil do Pará em Jacareacanga.

A água ao redor e de dentro do avião, segundo o policial, já foi retirada pela equipe de resgate.

Parte da asa bimotor também já foi cortada.

Bimotor da baron que caiu em Jacareacanga

Os corpos das vítimas já foram visualizados dentro do avião. Mas ainda não foram retirados.

– Foi possível visualizar alguns corpos, sem ser possível identificá-los, pois ainda há dentro do avião muita areia e lama – relatou o delegado.

O trabalho de resgate nesta sexta-feira encerrou pouco depois das das 18h, devendo ser retomado amanhã (26) de manhã.

Hoje, além dos militares da FAB (Força Aérea Brasileira), Exército e Corpo de Bombeiros, também participaram dos trabalhos de resgate 10 voluntários.

Leia também sobre o caso:
Proposta para o içamento do avião do igapó.
Resgate dos corpos do acidente aéreo só amanhã.
Local onde avião caiu dificulta resgate das vítimas.
FAB, Exército e bombeiros no resgate do avião.
35 dias depois, avião é encontrado em igapó.
Busca aos desaparecidos do avião no Tapajós.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Colunistas
Videos
---------------------------------------------------
Canal direto
Canal Diteto
Instagram
Twitter
Sites e blogs
Publicidade