Blog do Jeso

acidente

Frase do dia

frase do dia, chapecoense

aspasAtlético Nacional solicita a Conmebol que el título de la Sudamericana sea entregado a Chapecoense”

Comunicado do time colombiano para que a Chapecoense fique om o título da Copa Sul-Ammericana 2016. Ontem, 29.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Avião com time da Chapecoense cai na Colômbia; 81 pessoas a bordo

O time brasileiro de Santa Catarina iria disputar a 1ª partida a final a Sul-Americana

 

Avião com time da Chapecoense cai na Colombia; 81 pessoas a bordo, Chapecoense. Avião quedaAlan Ruschel, da Chapecoense, conduzido para o hospital de Medellín, local do acidente. Foto – LUIS EDUARDO NORIEGA

Um avião British Aerospace BAe 146 que transportava a delegação do clube de futebol Chapecoense sofreu um acidente na noite de segunda-feira quando se aproximava do aeroporto José María Córdova, na cidade de Medellín, na Colômbia.

A aeronave, da companhia boliviana LAMIA, tinha 81 pessoas a bordo, sendo 72 passageiros entre membros da equipe e jornalistas, e nove membros da tripulação.

Leia também – Por rejeitos de minérios, empresa no Pará pode ter atividades suspensas.

As primeiras informações, segundo o jornal El Pais, dão conta de pelo menos seis sobreviventes, mas, segundo a agencia Reuters, “sem dúvida” o número de mortos há de ser alto.

O jogador Alan Ruschel foi a primeira vítima a chegar no hospital de La Ceja, a localidade mais próxima do ocorrido, segundo relato da agência EFE a partir do local, para onde os feridos estão sendo transportados.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Rio Tapajós seca, praias aparecem e ataques de arraias aumentam

Vítimas de ferroada de arraias aumentam consideravelmente nesta época do ano nas praias do Tapajós

Rio Tapajós seca, praias aparecem e ataques de arraias aumentam, passeio com tio EnirPonta do Cururu, em Alter do Chão, uma das praias mais badaladas de Santarém

por Sávio Carneiro (*)

Entre os meses de setembro e dezembro, as águas do rio Tapajós baixam e as belas praias que surgem ao longo das margens do rio são atrações que encantam qualquer turista.

Mas por trás desse espetáculo encantador e belíssimo da natureza o banhista, e principalmente o turista, precisam ficar atento para um perigo que surge todos os anos nessa época e tem feito várias vítimas, a ferroada de arraia.

Leia também do autor – Comunitários alertam para o assoreamento do lago Jacundá, em Alter do Chão.

Apesar de não ser mortal, a ferroada provoca uma dor intensa e se não for tratada pode trazer conseqüências graves.

Somente neste mês de outubro várias ocorrências foram registradas nas regiões de praia.

Na comunidade de Nova Sociedade, no rio Arapiuns, o pescador Adésio Silva, 37 anos, foi ferroado por uma arraia quando estava pescando na beira de um lago. O seu sobrinho, também, foi vítima no mesmo dia desse tipo de peixe.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Trágico revival

Trágico revival, Barco explode em Santarém. “Hanna Janessa”

por Célio Simões (*)

Célio Simões - Blog do JesoDebruçado na amurada do “Almeida Júnior”, o portentoso barco que fazia a linha Oriximiná/Santarém no início da década de 1970, passei parte da madrugada sentindo o cheiro gostoso do remanso trazido pela brisa do Amazonas, dividindo com Agenor, seu proprietário, generosas porções de café com que espantávamos o sono, servidas pelo solícito cozinheiro.

Tímido e caladão, ele era um excelente papo. Desta feita, me contava com orgulho que se sentia realizado, pois o transporte de cargas e passageiros entre as duas cidades, com breve parada em Óbidos, lhe dera estabilidade econômica e tudo indicava que o horizonte lhe sorria sem percalços, de vez que o único concorrente, o “Rio Hidequel”, do qual era proprietário seu amigo obidense Orivaldo Nunes, não era páreo para seu, mais potente e com maior capacidade operacional.

Surpreendeu-me, portanto, a certa altura da narrativa, a confidência de que no final no ano pretendia parar. E ante a minha muda indagação esclareceu o porquê daquela decisão: a necessidade de estar mais tempo com a família, a fadiga de quem passava as noites em claro supervisionando os serviços de bordo, o risco que era enfrentar as pavorosas tempestades tropicais naquele vasto trecho desabrigado do farol do Patacho, os traiçoeiros bancos de areia que se multiplicam na vazante, o sempre possível choque do casco com enormes troncos submersos, alegações todas plausíveis.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Empresário santareno morre depois de colisão frontal entre veículos em Macapá

Empresário santareno morre depois de sofrer acidente automobilístico em Macapá, Elinaldo Kzan Xavier

Empresário da noite em Macapá (AP), o santareno Elinaldo Kzan Xavier (foto) morreu hoje, por volta das 12h30, naquela cidade.

Ele não resistiu aos ferimentos que sofreu em acidente automobilístico na BR-210, no Amapá.

Leia também – Corpo do ex-vereador Marcílio Cunha será velado na Câmara de Santarém.

O carro em que Elinaldo estava se chocou frontalmente com outro na tarde de ontem, 7.

Outras 2 pessoas morreram no acidente, segundo o portal G1.

Elinaldo é irmão da ex-colunista social Elaine Kzan, que trabalhou no extinto semanário O Tapajós, do empresário Joaquim Pereira, entre outros empreendimentos do grupo.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O acidente

Fotos – Ademar Amaral
O ACIDENTE, Queda de avião em Altamira

por Ademar Ayres do Amaral (*)

Ademar AmaralApós um pesadelo nada agradável, acordei um tanto ansioso, às quatro da manhã, naquele dia 21 de fevereiro de 2009.

Meus sonhos até que são muito tranquilos e quase sempre envolvem acontecimentos triviais que se passaram ainda na minha infância, no Paraná da Dona Rosa. Raramente tenho pesadelos, mas aquele me fez acordar com suor frio e taquicardia.

O cenário era a Av. Nazaré e eu saía do prédio onde até 28 de abril passado morou minha saudosa mãe, quando alguns bandidos me abordaram e, um deles, portanto uma metralhadora, disse: “este aqui já vai”. E deu uma rajada certeira quase encostando o cano da arma na minha barriga.

Sem sentir dor, mas consciente de que estava gravemente ferido, saí em desabalada carreira no rumo da Praça da República em busca de encontrar um táxi para me levar a algum hospital. Abordei vários deles e todos se recusavam a me dar socorro.

Então, desesperado, decidi ir até ao Hotel Hilton, varando por detrás do Teatro da Paz, mas no hotel também não havia táxi e quando consegui chegar à recepção para convencer alguém a me chamar um, acordei espantado e não dormi mais.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Acidente mata universitário na rodovia Curuá-Una; 4 mulheres estão gravemente feridas

Acidente mata universitário na rodovia Curuá-Una; 3 mulheres estão gravemente feridasO Honda Civic foi atingido com violência pela F-1000, na Curuá-Una

Luís FelipeLuís Felipe Batista [foto], 20 anos, morreu num grave acidente ocorrido por volta das 14h30 de hoje, 4, envolvendo dois veículos na rodovia Curuá-Una, área urbana de Santarém, às proximidades do Sesi.

Ele fazia o curso de Engenharia Civil, na Ulbra.

Leia também – Ministério da Saúde garante repasse de R$ 2,7 milhões para UPA 24h de Altamira.

Outras 4 jovens mulheres que estavam no Honda Civic branco estão gravemente feridas no HMS (Hospital Municipal de Santarém), para onde algumas foram conduzidas depois de serem atendidas na UPA 24h que fica próximo ao local do acidente.

Luís Batista dirigia o Honda Civic, atingido violentamente no lado esquerdo por uma F-1000.

acidente2O estado em que ficou o Honda Civic após o choque com a F-1000

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

“Para mim, a mata tem mistérios“, diz deputado que também se perdeu na floresta

Do deputado estadual petista Airton Faleiro [foto], sobre o post Universitária não largou o facão na noite que passou perdida na floresta:

“Para mim, a mata tem mistérios“, diz deputado que também se perdeu na florestaBrenda, emocionante seu relato. Já passei por isso.

Também fiquei uma noite perdido na floresta, qdo morava na Transamazônica. Foi a noite mais longa da minha vida.

Como você, também não levei o principal – fogo. Te falo uma coisa: acredite quem quiser, para mim, a mata tem mistérios.

Assim como você, eu também pegava um rumo e quando me dava conta estava no mesmo lugar. Isso me ocorreu por quatro ou cinco vezes.

Você fez certo em não se apavorar.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Universitária não largou o facão na noite que passou perdida na floresta

Foto – Ascom/Ufopa
Universitária não largou o facão na noite que passou perdida na floresta
Brenda Rodrigues, na noite escura da floresta manteve a calma

Depoimento à jornalista Márcia Reis

Há quatros anos cursando Engenharia Florestal na Ufopa (Universidade Federal do Oeste do Pará), Brenda Letícia Rodrigues, 21, ao perceber que estava perdida na floresta, no cair da noite, agiu rápido: procurou um abrigo para passar a madrugada até que dia clareasse.

Ela estava na Floresta Nacional do Tapajós, participando de aula prática do curso.

Mesmo depois do acontecido, a universitária garante que não tem medo de voltar à floresta – e narra como tudo aconteceu.

♦ ♦ ♦ ♦

“Antes de qualquer coisa, quero agradecer a todas as pessoas que pensaram em mim naquele momento, que torceram por mim. Teve gente que nem me conhece e orou por mim. Queria agradecer muito, porque quando cheguei na base me senti muito aliviada de saber o empenho das pessoas em me procurar.

Como monitora, fui delegada pra monitorar dois grupos. A distância entre um e outro era de 50 metros. Eu me desloquei de um grupo para o outro, e nisso fui me guiando pela trilha que já estava aberta pela marcação das parcelas. Como a professora explicou que eles marcam com piquetes e TNT, achei muito estranho, pois não encontrei o grupo. Mas eu ainda continuava na trilha.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O incêndio que destruiu as lojas “Fim do Mundo” em 10 fotos

Um incêndio, iniciado por volta das 4h30 da manhã de hoje, destruiu as três lojas Fim do Mundo, travessa Rui Barbosa, no centro de Santarém.

A causa do fogo ainda é desconhecida.

Suspeita-se, porém, que deve ter sido provocado por um curto-circuito.

O incêndio já foi controlado há poucas horas pelo Corpo de Bombeiros. Pequenas lojas no entorno chegaram a ser ameaçadas pelo fogo. Por isso, mercadorias e objetos foram retirados às pressas, e colocados na rua.

Confira o episódio em 10 fotos de Jeso Carneiro.

1. O funcionário e as chamas

incêndio, Fim do Mundo. FogoUm dos funcionários da da Fim do Mundo [camisa amarela] assiste, desolado, ao fogo consumir a loja

2. Fim do Mundo 1, 2 e 3

Incêndio

As três lojas Fim do Mundo ardem em fogo sob os olhares da multidão, ainda nas primeiras horas da manhã ensolarada de hoje

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Videos
Canal direto
Canal Diteto
Twitter


Colunistas
Sites e blogs
Publicidade