Blog do Jeso

Terra Santa

Contas de ex-primeira-dama de Terra Santa serão julgadas nesta semana

Contas de ex-primeira-dama de Terra Santa serão julgadas nesta semana, Jaciara PicançoJaciara Picanço, ex-primeira-dama e secretária municipal de Terra Santa

 
Pautado para sessão ordinária de quinta-feira, 20, do TCM (Tribunal de Contas dos Municípios) o julgamento de uma das prestações de contas de Jaciara Picanço, ex-primeira-dama de Terra Santa, no oeste do Pará.

No caso, são as contas de 2010 do Fundo Municipal de Assistência Social.

Na época, a esposa do ex-prefeito por 2 mandatos Marcílio Picanço ocupava o cargo de titular da pasta municipal de Assistência Social.

Em setembro de 2015, o TCM reprovou as contas de 2011 desse fundo, também gerido por Jaciara. A defesa da ex-secretária entrou com recurso de reconsideração, para reverter a decisão.

O relator das contas de 2010 é o conselheiro Sérgio Leão.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Investigação eleitoral: Justiça marca audiência com testemunhas em Terra Santa

Investigação eleitoral: Justiça marca audiência com testemunhas em Terra Santa, Doca AlbuquerqueDoca Albuquerque, prefeito eleito de Terra Santa

 
A Justiça Eleitoral marcou para para o próximo mês de maio audiência de testemunhas arroladas nos autos de uma AIJE (Ação de Investigação Judicial Eleitoral) movida pelo PMDB contra o prefeito eleito de Terra Santa, Doca Albuquerque (PSD).

A audiência, a ocorrer no dia 22, foi marcada pelo juiz Luiz Gustavo Viola Cardoso.

Na AIJE, o PMDB pede a cassação do mandato de Doca, por abuso de poder econômico.

Na eleição de 2016, o PSD derrotou o PMDB por 49% a 45,7% dos votos válidos do município.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Da 4ª divisão para o 1º escalão da gestão pública em Terra Santa

Ex-diretora escolar é a nova nº 1 da Secretaria de Planejamento. Formada em Letras, ela é esposa do prefeito

Da 4ª divisão para o 1º escalão da gestão pública em Terra Santa, terra santa, 25 anosVista aérea da cidade de Terra Santa, no Baixo Amazonas

 
Pouca gente sabe.

Daí a necessidade de dar publicidade ao ato do prefeito Doca Albuquerque (PSD), de Terra Santa.

Quem comanda a estratégica Secretaria Municipal de Planejamento é Zuleide Albuquerque, com graduação em Letras. Ela é esposa do novo gestor terrasantense.

A primeira-dama, antes de janeiro, jogava, digamos, em time da 4ª divisão da gestão pública municipal: era diretora da escola de ensino fundamental Leonor Machado.

Neste link, a portaria de nomeação da secretária.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Juiz de Faro é removido pelo Tribunal de Justiça do Pará para Terra Santa

Juiz de Faro é removido pelo Tribunal de Justiça para Terra Santa, Reunião do Pleno do TJ do ParáReunião do Pleno do TJ, ontem, que decidiu a remoção de Cardoso

 
O TJ (Tribunal de Justiça) do Pará decidiu remover, a pedido, o juiz Luiz Gustavo Cardoso da Vara do município de Faro, no Baixo Amazonas, para Terra Santa.

E mais: o promoveu, pelo critério de antiguidade, à condição de titular da vara única da comarca terrasantense.

A promoção foi decidida ontem, 22, em reunião do Pleno do TJ.

Caio Beraldo é quem era o juiz titular da Vara de Terra Santa.

Leia também
TRE define relator de recurso de contas de campanha reprovadas em Terra Santa

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Eu recomendo. DNPM será substituído por agência reguladora

mineração no Pará

O governo federal está preparando um pacote de reformas para o setor de mineração que, com certeza, se implementado, terá impacto na economia paraense. A ideia é, com as mudanças, subir a participação do setor no PIB nacional de 4% para 6%.

– Entre as medidas em discussão está o envio de uma medida provisória ao Congresso para transformar o Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) em uma agência reguladora, com cerca de 50% mais servidores do que hoje – escreve o jornalista Danilo Fariello, de O Globo.

O Blog do Jeso recomenda a leitura da matéria publicada hoje, 7, no jornalão carioca, por conta das implicações também na economia de municípios como Itaituba, Oriximiná, Faro e Terra Santa, todos no oeste do Pará.

Neste link, leia a íntegra.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

TRE define relator de recurso de contas de campanha reprovadas em Terra Santa

As contas são da campanha do ano passado, do atual presidente da Câmara de Vereadores, Jorge Picanço

TRE define relator de recurso de contas de campanha reprovadas em Terra Santa, Juiz Almicar Guimarães, do TREAlmicar Guimarães, em pé, relator do caso Jorge Picanço

 
Caiu nas mãos do juiz Amilcar Roberto Guimarães, do TRE (Tribunal Regional Eleitoral), a relatoria do recurso contra decisão, em 1ª instancia, que reprovou as contas da campanha do vereador reeleito e presidente da Câmara de Terra Santa, Jorge Picanço (PTB).

E ele já eu movimentação no processo: o encaminhou ao MPE (Ministério Público Eleitoral), para o devido parecer.

Jorge Picanço teve a prestação de contas reprovadas por ter extrapolado o limite de gastos com aluguel de veículos na eleição do ano passado.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Contas reprovadas do presidente da Câmara de Terra Santa chegam ao TRE

A defesa de Jorge Picanço entrou com recurso, acatado, e as contas subiram para o TRE, em Belém

Contas reprovadas do presidente da Câmara de Terra Santa chegam ao TRE, Plenário o TRE PAPlenário do TRE, onde as contas serão submetidas a novo julgamento

 
Acaba de chegar ao TRE (Tribunal Regional Eleitoral), em Belém, a prestação de contas de campanha do vereador reeleito – e atual presidente da Câmara – Jorge Picanço (PTB), de Terra Santa.

As contas foram reprovadas em 1ª instância pelo juiz eleitoral Caio Beraldo.

Leia também
Após denúncia, Portal da Transparência da Câmara volta a ser atualizado

Jorge Picanço, segundo o magistrado, teria extrapolado o limite de gastos com aluguel de veículos na campanha do ano passado.

A defesa do parlamentar entrou com recurso, acatado, e o processo foi encaminhado ao TRE, onde será submetido a novo julgamento, ainda sem data marcada.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Tribunal mantém contas de ex-prefeito de Terra Santa reprovada

Tribunal mantém contas de ex-prefeito de Terra Santa reprovada, TCESede do TCE, em Belém

 
Ex-prefeito de Terra Santa, Adalberto Anequino (PMDB) acaba de sofrer novo revés nos tribunais.

O TCE (Tribunal de Contas do Estado) acatou o recurso interposto pela defesa do politico, mas manteve a decisão de junho de 2005 que reprovou a prestação de contas de um convênio firmado entre a Prefeitura de Terra Santa e o Estado na época em que dirigia o município.

O relator do caso foi o conselheiro André Dias.

Leia também
Juiz eleitoral extingue 8 ações do PMDB contra prefeito e vice de Terra Santa

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Governo vai atualizar projetos de 6 terminais hidroviários no oeste do Pará

Os projetos alvos são os terminais de Faro, Terra Santa, Prainha, Curuá, Almeirim e Santana do Tapará

porto de taparáSantana do Tapará terá um terminal hidroviário

 
Licitada a empresa que fará os serviços de revisão, adequação e atualização dos projetos civil e naval de 6 terminais hidroviários na região oeste do Pará.

A iniciativa é do governo Simão Jatene, através da CPH (Companhia de Portos e Hidrovias do Pará).

Leia também
Projeto do terminal hidroviário de Santarém será atualizado pela Naval Engenharia

Os terminais alvos da Consec, com sede em Belém, estão localizados nas cidades de:

– Faro;
– Terra Santa;
– Curuá;
– Almeirim,
– Prainha e
– Santana do Tapará, em Santarém

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

TCE aprova de contas de convênio firmado entre Terra Santa e Seplan

A decisão do TCE, em votação unânime, é favorável ao ex-prefeito por dois mandatos Marcílio Picanço

TCE e Marcílio Picanço

Em votação unânime dos conselheiros, o TCE (Tribunal de Contas do Estado) aprovou a prestação de contas de um convênio fechado em 2014 entre a Prefeitura de Terra Santa e o governo do Pará, via Seplan (Secretaria de Estado de Planejamento).

Na época, o prefeito do município era Marcílio Picanço (PSD).

O convênio foi no valor de quase 85 mil reais.

Picanço dirigiu Terra Santa por dois mandatos (2009-2016). O atual ocupante do cargo, Doca Albuquerque (PSD), foi eleito com apoio do ex-prefeito.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Videos
Canal direto
Canal Diteto
Prestação de Contas
Twitter


Colunistas
Sites e blogs
Publicidade