Blog do Jeso

Segurança Pública

PF deflagra operação contra setor agropecuário no Pará e mais 4 estados

PF deflagra operação contra setor agropecuário no Pará e mais 4 estados, Polícia Federal

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta terça-feira a Operação Lucas, para desarticular um esquema de corrupção envolvendo servidores do Ministério da Agricultura e empresas do setor agropecuário fiscalizadas pela pasta. A informação é da Veja.

Os agentes cumprem 62 mandados judiciais em cinco estados: Tocantins, Pará, Maranhão, São Paulo e Pernambuco.

Leia também
Licitação de UTI aérea: Prefeitura de Oriximiná classifica empresa inidônea

São 10 mandados de prisão temporária, 16 de condução coercitiva e 36 de busca e apreensão.

A investigação teve início a partir da denúncia de que frigoríficos e empresas de laticínios fiscalizadas pelo Ministério da Agricultura teriam sido favorecidos em processos administrativos.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Prefeito de Breu Branco sofre atentado à bala e morre; era filiado ao PSD

Diego do Alemão chegou a ser socorrido, mas morreu pouco tempo depois de ser alvejado em Breu Branco

Prefeito de Breu Branco sofre atentado à bala e morre; era filiado ao PSDDiego Alemão prostrado no chão logo depois de ser alvejado

 
O prefeito da cidade paraense de Breu Branco, conhecido como Diego do Alemão (PSD), sofreu um atentado à bala na manhã de hoje, 16, quando fazia exercício físico em uma bike.

A informação chegou ao Blog do Jeso através do deputado federal Wlad Costa, do Solidariedade.

Leia também
Justiça aprova com ressalvas contas de campanha do PSDB e PSD de Óbidos

O atentado, segundo o parlamentar, teria sido encomendado por 30 mil reais, supostamente pelo ex-prefeito Admilson Mezzomo, que está foragido.

Diego Kolling, natural de Tucuruí, é casado e tem 34 anos.

Ele foi levado para o Hospital Regional de Tucuruí, em estado grave. Pouco tempo depois, Kolling morreu.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Investigador da polícia é acusado de exigir propina de postos de gasolina

O investigador civil está lotada na cidade de Faro. O caso foi denunciado pelo Ministério Público

Polícia Civil

A Polícia Civil do Pará abriu processo administrativo disciplinar, PAD, contra um investigador denunciado pelo Ministério Público Estadual de exigir e receber propina de donos de postos de gasolina em um município do oeste do Pará.

O PAD foi aberto há cerca de 30 dias, pelo delegado geral Rilmar Firmino.

Leia também
Apresentador de TV é acusado de mandar matar boto para exibir na Globo

O caso ocorreu na cidade de Faro e o acusado é Aldenor Augusto da Silva Neto.

Se comprovado o crime (concussão), o servidor pode ser demitido a bem do serviço público e, na Justiça comum, corre risco de ser condenado de 2 a 8 anos de prisão, além de pagamento de multa.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Cavalo doado ao projeto de equoterapia da PM é batizado de “Vento”

O Centro de Equoterapia de Santarém é dirigido pelo fisioterapeuta e tenente PM Marcos de Paula

Cavalo doado ao projeto de equoterapia da PM é batizado de Tenente Marcos de Paula e o novo inquilino do centro, o cavalo Vento

 
Ganhou o nome de “Vento” o mais novo integrante do plantel de cavalos do Centro de Equoterapia de Santarém, vinculado ao 3º BPM (Batalhão da Polícia Militar).

Agora somam 5 os cavalos de uso exclusivamente terapêutico do projeto.

“Vento” tem 5 anos e foi doado pela empresária Kátia Trindade.

O fisioterapeuta e tenente PM Marcos de Paula é quem coordena o centro, que tem parceria com a Prefeitura de Santarém.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Holofotes em 6 VIPs. Jorge, Maria Raimunda, Emanuel, Joaquim, Márcio e Rafaela

Holofotes em 6 VIPs. Jorge, Maria Raimunda, Emanuel, Joaquim, Márcio e RafaelaNo alto, Emanuel, Maria Raimunda e Rafaela. Embaixo, Joaquim, Márcio e Jorge Carlos

 

Jorge Carlos

A partir da próxima segunda-feira, 8, entra no ar o mais novo projeto do radialista santareno: a FM JC, rádio online que já se encontra em fase experimental. Neste link, ouça. Música de qualidade e informações são os carros-chefe da JC, que terá o suporte de 37 anos de experiência no metier de seu proprietário.

Maria Raimunda Tavares

Pode debitar na conta da promotora de justiça a mudança implementada pela Prefeitura de Santarém no acesso livre do contracheque dos servidores públicos. Ela é a autora da ação civil pública, ainda em tramitação, contra o município cobrando a nova ferramenta disponibilizada pelo prefeito Nélio Aguiar nesta semana.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Federal realiza operação em Abaetetuba contra uso eleitoral do Bolsa Família

PF realiza operação em Abaetetuba contra uso eleitoral do Bolsa Família, Polícia Federal

A Polícia Federal deflagrou hoje (3) a Operação República Velha, que investiga desvios de recursos do programa Bolsa Família para financiamento de campanha eleitoral em Abaetetuba, no nordeste do Pará. A informação é do portal G1.

Estão sendo cumpridos quatro mandados de busca e apreensão e dois de condução coercitiva, quando a pessoa é levada para depor.

Leia também
Irmã de empresário, vereadora mais votada de Terra Santa recebe Bolsa Família

Segundo as investigações, até funcionários da prefeitura e pessoas com renda considerada maior que o exigido na lei constavam como beneficiárias do programa e também doadores de campanha eleitoral, desviando recursos das famílias que realmente necessitavam do benefício.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Polícia Federal deflagra operação Sétima Arte em 7 cidades do Pará

O alvo da Federal é uma organização criminosa, investigada desde 2012, formada para fraudar o INSS

Polícia Federal deflagra operação Sétima Arte em 7 cidades do Pará, Polícia Federal

Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta quarta-feira (26) a Operação Sétima Arte, para investigar esquema de fraudes na concessão de benefícios de pensão por morte nos estados do Pará e do Ceará. A informação é do site G1.

Segundo a PF, a organização criminosa investigada foi formada para fraudar o INSS, com o envolvimento de um vereador de Xinguara, no Pará, servidores do INSS, pessoas vinculadas ao Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Xinguara, bem como diversos “aliciadores de beneficiários”.

Leia também
Números. Área de reserva ambiental no município de Belterra

Agentes da PF foram às ruas para cumprir seis mandados de busca e apreensão e 13 mandados de condução coercitiva expedidos pela Justiça Federal.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Nélio articula apoio para instalação de outro batalhão da PM em Santarém

Nélio articula apoio para instalação de novo batalhão da PM em Santarém, Prefeito Nélio Aguiar em Belém (1)Nélio lado a lado de José Maria Tapajós na audiencia ontem com Márcio Miranda, da Alepa

 
O prefeito de Santarém, Nélio Aguiar (DEM) , e o vice, José Maria Tapajós (PR), reuniram em Belém com representantes da Alepa (Assembléia Legislativa do Pará), para solicitar apoio do parlamento na instalação de mais um batalhão da PM no município, o 35ºBPM (Batalhão de Polícia Militar).

A reunião foi realizada ontem, 11.

Leia também
Salário de dezembro será pago hoje, garante prefeito de Óbidos

A pauta do Executivo santareno foi ouvida pelo presidente da Alepa, deputado Márcio Miranda, secretário adjunto de Segurança Pública, coronel Hilton Benigno, o diretor de operações especiais PM no Pará, coronel Sérgio Alonso, além de vereadores.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Quem matou Leila? Crime faz 5 meses e PT não descarta assassinato político

A sindicalista, filiada ao PT, foi morta a facadas na véspera da eleição de 2016, em Rurópolis

Quem matou Leila? Crime faz 5 meses e PT não descarta assassinato político, assassinato em RuropolisVigília e protesto na sepultura de Leila Ximendes, em Rurópolis. Foto – arquivo Blog do Jeso

 
Passaram-se 5 meses e até agora a polícia não conseguiu elucidar o assassinato à facadas da sindicalista Leila Ximendes, 29 anos, ocorrido em Rurópolis, no oeste do Pará.

Leila foi morta em outubro de 2016, na véspera da eleição. Há indícios de conotação política no crime. Ela era filiada ao PT e integrante da coordenação da campanha do prefeito eleito do município Taká Padilha (PMDB).

Vice-presidente do PT no Pará, o deputado estadual Airton Faleiro cobrou da Segup (Secretaria de Segurança Pública) resultados da investigação sobre o assassinato.

No vídeo acima, o parlamentar afirma que o caso corre em segredo de justiça.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Videos
Canal direto
Canal Diteto
Prestação de Contas
Twitter


Colunistas
Sites e blogs
Publicidade