Casal dos EUA resgatado no Marajó presta depoimento em Belém

O casal de norte-americanos Adam, 39, e Emily Harteau, 37, prestam depoimentos na manhã desta sexta-feira, 3, sede da Delegacia Geral de Polícia Civil, em Belém.

Eles foram localizados por ribeirinhos e resgatados por policiais civis e militares ao final da tarde da última quarta-feira (1º), no distrito do Curumu, zona rural de Breves, região do Marajó, no Pará.

As oitivas começaram por volta das 9h30 e foram acompanhadas por um agente do Federal Bureau of Investigation (FBI).

Além do agente do FBI, que integra o grupo da Embaixada dos Estados Unidos e do Consulado norte-americano que acompanha o caso, Emily e Adam também estão sendo auxiliados por um intérprete (como estabelece o artigo 193 do Código Processual Penal).

Os depoimentos serão conduzidos pela delegada Vanessa Souza, superintendente da região do Marajó Ocidental, sob a coordenação do delegado Silvio Maués, diretor da Delegacia de Polícia do Interior da Polícia Civil.

Emily foi a primeira a ser ouvida.

“Eles serão ouvidos em separado. E uma das questões que queremos esclarecer é o momento da abordagem dos criminosos, mas também saber o motivo de eles terem saído daquela forma da embarcação”, conta a delegada Vanessa Souza, que chegou em Belém no mesmo vôo do casal.

Ainda de acordo com a delegada, quatro piratas foram identificados, mas apenas três reconhecidos até o momento, como responsáveis pelo crime.

O número total de criminosos que atuou no assalto à balsa está sendo investigado. Na próxima semana, a Polícia deve ouvir outras testemunhas, dentre elas os integrantes da tripulação da balsa “Andorinha”, tomada de assalto na noite do domingo (29), às proximidades da cidade de Breves.

Neste link, mais informações da Agência Pará.

Leia também:
HQ ambientada em Belém, de Gidalti Júnior, ganha Prêmio Jabuti 2017

  • 1
    Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *