v
Sessão de hoje da Câmara de Alenquer

Em sessão realizada nesta segunda-feira (2), a Câmara de Vereadores de Alenquer, no oeste do Pará, cassou o mandato do prefeito Juraci Estevam (PSB) por supostas irregularidades na Secretaria Municipal de Assistência Social.

Um dos vereadores presentes na sessão, José Otaviano Campos, o Zezinho do Atumã (Patriota), 54 anos, passou mal, devido à pressão alta, e teve que ser conduzido ao hospital pelo Samu 192.

 

É a terceira vez que o prefeito deixa do cargo — e sempre retornar por decisão judicial. As duas vezes anteriores ocorreram em 2018. Em ambas, Juraci foi afastado por 90 dias.

Hoje, ele foi cassado. 10 vereadores votaram a favor da cassação. 3 votaram contra. Um se absteve (Roberto Simões) e 1 faltou (Zezinho do Atumã).

Votaram a favor da cassação:

Beto Vanzin (Patriota), Júnior Taveira (PSD), Marcelinho Vidal (PP), Betão (DEM), Zezinho Valente (PSDB), Rozenildo Lopes (Avante), Ailton da Morena (PSB), Diego Moreira (PSB), Rossi Cunha PTB) e Arnaldo Lira (DEM).

Votaram contra a cassação:

Laércio Calderaro (PTB), Osvaldo Barata (DEM) e Kabeceira (PPS)

Populares lotaram a galeria da Câmara para acompanhar a votação. O vice-prefeito, Josino Costa (PP), adversário do prefeito, é quem assumirá o cargo.

Cronologia

Primeiro afastamento: 12/03/2018

Por 14 votos, a Câmara afasta Frei Juraci (PSB) por 90 dias. Só Laércio Calderaro (PTB) não participa da votação. O vice assume.

☈ Retorno ao cargo: 28/03/2018

Por decisão liminar do juiz Francisco Daniel Alcântara, de Alenquer, o prefeito reassume o cargo.

☈ Segundo afastamento: 03/05/2018

Por decisão liminar, a pedido da Câmara de Vereadores, a desembargadora Nadja Cobra Meda, afasta do prefeito Juraci do cargo. Josino Costa, vice-prefeito, assume o cargo.

 

☈ Segundo retorno ao cargo: 17/05/2018

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, concede liminar em favor de Juraci Estevam, que retornar ao cargo depois de 14 dias.

☈ Terceiro afastamento do cargo: cassação – 2/12/2019

Em sessão realizada nesta segunda-feira (2), a Câmara cassa o mandato do prefeito Juraci Estevam.

— LEIA também: Sob pressão do MP, prefeito instala Procon em Óbidos; autor do projeto foi ignorado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *