Oriximiná, Placas, Juruti, Itaituba e Cachoeira do Arari em 5 notas curtas, oriximiná - olhar do editor 2017

Orla de Oriximiná, oeste do Pará

Oriximiná. Inspeção na Promotoria de Justiça

As Promotorias de Justiça de Oriximiná e Alenquer serão alvos de inspeção ordinária anual por parte do Corregedoria Geral do Ministério Público do Pará no período de 6 a 10 de agosto. O promotor Marcelo Gonçalves foi escaladado para realizar a fiscalização.

Placas. Tancredo Neves será reformada e ampliada

A Estrutural Construções e Serviços foi a vencedora da licitação (concorrência pública) para reforma e ampliação da escola estadual Presidente Tancredo Neves, em Placas. As obras estão orçadas em 3,7 milhões de reais.

Juruti. Alcoa cultiva espécies em extinção

Maçaranduba, castanheira, pau rosa e pau cravo, todas ameaçadas de extinção no Brasil, estão sendo multiplicadas em Juruti. As espécies são cultivadas por comunitários no distrito de Juruti Velho, com o incentivo da mineradora Alcoa.

Itaituba. TCM mantém contas de 2009 reprovadas

O ex-prefeito Roselito Soares entrou com recurso no TCM contra a reprovação da prestação de contas da Prefeitura de Itaituba de 2009. O tribunal acatou em parte o pedido, mas manteve a decisão proferida em 2015. Roselito é hoje filiado ao MDB.

Cachoeira do Arari. Registro de fazenda é bloqueado

A pedido do Ministério Público do Pará, a Justiça acatou determinou o bloqueio do registro da fazenda “Reunidas Espírito Santo”, no município de Cachoeira do Arari, que o polêmico empresário Renato Quartieiro alega de ser de sua propriedade. Segundo o MP, há presunção de que as terras da fazenda sejam, na verdade, terras públicas uma vez que não há comprovação, por parte do fazendeiro, de destacamento do imóvel do patrimônio público. Neste link, mais informações.

Leia também:
Cachoeira do Arari, Faro, Juruti, Óbidos e Alenquer em 5 notas curtas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *