TCM adia, pela 2ª vez no ano, julgamento das contas de 2012 de Valmir Climaco, Valmir Climaco, prefeito
Valmir Climaco, prefeito de Itaituba

Pela segunda vez neste ano, o TCM (Tribunal de Contas dos Municípios) retirou de pauta o julgamento das contas de gestão e de governo da Prefeitura de Itaituba, oeste do Pará, exercício financeiro de 2012.

Valmir Climaco (MDB), outra vez ocupante do cargo, é o responsável por essas contas.

Elas estavam previstas para serem julgadas nesta terça-feira. Há duas semanas, dia 2, também foram retiradas de pautas. Não há ainda nova data definida para julgamento.

O parecer do Ministério Público de Contas é pela não aprovação das contas, por inúmeras irregularidades.

QUATRO “FUROS” NAS CONTAS DE 2012

 

1º. Pagamento de R$ 420 mil, em maio de 2012, referente a Nota Fiscal nº 0221, após o término da vigência do contrato;

2º. Pagamento indevido de R$ 51,2 mil, para construção de muro da escola municipal Água Branca, na localidade de Garimpeira;

3º. Não encaminhamento do ato de amparo legal para o pagamento, a título de diárias, ao prefeito Valmir Climaco, totalizando R$ 25.281,60;

4º. Celebração de subcontratação para a construção de 5 salas de aula na escola municipal César Almeida, no Distrito de Morais de Almeida, no valor de R$ 650mil, sem fundamentação legal.

Leia também:
TRF1 julga dia 15 de maio recurso que pode tornar prefeito em ficha suja e inelegível

  • 48
    Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *