Iniciada a construção da nova orla de Juruti; obra será concluída em 12 meses
Henrique e Otávio visitaram o canteiro de obras

As placas instaladas na frente da cidade informam o início da construção do muro de arrimo da orla de Juruti: 1º de agosto de 2018. A obra, que deve ser concluída em 12 meses, está sendo executada pela empresa Presim, com recursos do Ministério da Integração Nacional.

O projeto apresentado pelo município e aprovado pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec), do Ministério da Integração, prevê a construção de 270 metros de muro de arrimo e a recuperação da estrutura do cais.

As intervenções incluem, ainda, um píer com 55 metros de comprimento e a implantação de infraestrutura de drenagem da orla, hoje vulnerável às recorrentes cheias do rio.

Na manhã desta terça-feira, 7,  o prefeito Henrique Costa (PT), o responsável pela Presim, engenheiro Otávio Simões, o diretor de Obras, Infraestrutura e Urbanização da Secretaria Municipal de Infraestrutura, Rogério Costa, Marlon Portela, engenheiro da prefeitura, acompanhados de assessores, fizeram uma visita técnica ao local das obras para algumas definições.

Nos próximos dias, a orla da cidade, no perímetro da travessa Rui Barbosa à travessa Padre João Brás, será interditada. A medida, de acordo com Otávio Simões, é medida de segurança.

“Toda obra gera um transtorno. Algumas ruas serão interditadas e a população vai precisar ter paciência. A medida é necessária para garantir segurança, pois haverá a circulação de caminhões e de muitas outras máquinas pesadas. Esse transtorno será necessário, mas o resultado vai valer a pena: uma obra de qualidade será entregue ao município e à população”, garantiu.

EMBARQUE E DESEMBARQUE

Alguns estabelecimentos que ficam na área onde será executada a obra – como o Mercadinho do Peixe e o terminal na frente da cidade – serão desocupados.

A balsa que serve de local para o embarque e desembarque de cargas e passageiros também será removida.

“Já conversamos com o pessoal que trabalha no Mercadinho do Peixe, com a venda de passagens e com os responsáveis pelo barzinho que funciona no terminal  sobre o remanejamento deles por causa da obra. É importante que as pessoas compreendam e nos ajudem porque é uma necessidade. Daqui a um ano, se Deus quiser, teremos uma obra pronta para inaugurar e todo esse transtorno estará resolvido”, disse o prefeito Henrique Costa.

A circulação nas calças que dão acesso aos estabelecimentos comerciais localizados na frente da cidade será permitida para não prejudicar os comerciantes que ali estão.

Sobre o andamento das obras, Otávio Simões acrescentou: “Até março do próximo ano será o período de maior trabalhabilidade, onde o rio apresenta a maior vazante. Nesse período serão feitos os arrimos, as fundações, os aterros. A partir de março a obra vai tomando corpo e vai ser concluída no prazo previsto”.

Na próxima semana uma equipe de fiscalização do Ministério da Integração Nacional estará em Juruti para verificar o início das obras do muro de arrimo da orla de Juruti.

Nesta quarta-feira, 8, o governo municipal vai se reunir com comerciantes, proprietários de embarcações e trabalhadores do cais para tratar das mudanças que vão ocorrer na frente da cidade em virtude das obras.

A reunião será às 16h, no auditório da Escola Zelinda de Souza Guimarães.

Com informações da Prefeitura de Juruti

Leia também:

Alenquer, Curuá, Óbidos, Altamira e Uruará em 5 notas curtas

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Um comentário em: Iniciada a construção da nova orla de Juruti; obra será concluída em 12 meses

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *