Rurópolis, Juruti, Óbidos, Terra Santa e Pacajá em 5 notas curtas, Jailson, Taká e Jorge

Jailson Costa, prefeito de Mojuí, Taka Padilha, de Rurópolis, e Picanço, de Terra Santa

✔ Juruti. Prefeitura sob investigação do MP

O Ministério Público do Pará abriu investigação que tem como alvo a Prefeitura de Juruti por suposto crimes previstos no ECA (Estatuto da Criança de Adolescente). O promotor Rafael Dal Bem está à frente do caso.

✔ Mojuí dos Campos. Semma libera licenças para energia

Enfim saiu as licenças de prévia e de instalação, com validade de 3 anos, para as linhas de transmissão Altamira-Transamazônica e Transamazônica-Tapajós, com extensão de cerca de 433 quilômetros, que passará por 8 municípios da região, entre os quais Mojuí dos Campos. A Sema foi que concedeu as duas licenças. O prefeito Jailson Costa (PSDB) comemora.

✔ Rurópolis. Audiência irá debater abastecimento de água

A gestão do prefeito Taka Padilha (MDB) realiza audiência pública amanhã, 1º, para debater o plano de investimento e orçamento para abastecimento de água e esgotamento sanitário contido no Plano Municipal de Saneamento Básico, o PMSB. E ainda a elaboração do “Estudo de Viabilidade Econômico-Financeiro para Prestação de Serviços de Água e Esgoto”. O evento começa às 19h, no plenário da Câmara de Vereadores.

Rurópolis, Juruti, Óbidos, Terra Santa e Pacajá em 5 notas curtas, PTB - jorge

Jorge Picanço (camisa vinho) com a comitiva do PTB e aliados

✔ Terra Santa. Presidente da Câmara é candidato à Alepa

Atual presidente da Câmara de Vereadores, Jorge Picanço (PTB) oficializou no final de semana a sua pré-candidatura a deputado estadual. O pastor e deputado federal Josué Bengtson, nº 1 do PTB no Pará, participou do evento que lançou o vereador à vaga para Alepa.

✔ Pacajá. MP pede execução de ação contra Celpa

O Ministério Público do Pará solicitou à Justiça em Pacajá a execução da ação civil pública, ajuizada no ano de 2009, que condenou a Celpa a efetivar melhorias no fornecimento de energia elétrica, assim como também a construção de uma subestação de energia elétrica na cidade. O promotor Gérson Alberto de França foi quem protocolou o pedido.

CONTRAPONTO

Em nota ao Blog do Jeso, a Celpa informa que entrou com recurso de apelação contra a sentença, que “está pendente de julgamento”.

“A empresa reforça que realiza ações constantes de manutenção em toda a rede de distribuição do município de Pacajá, contemplando as zonas urbanas e rurais”, diz.

“São realizadas regularmente inspeções de rotina para identificação e retirada de anomalias, inspeções termográficas, controle de vegetação, manutenção de equipamentos de regulação, além de proteção, visando garantir a qualidade e continuidade do fornecimento.”

Leia também:
Vacinação contra aftosa em Terra Santa e Faro só encerra no final de agosto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *