Terra Santa, Trairão, Óbidos, Aveiro e Juruti em 5 notas curtas, Titulação-Peruana-08.11.2018-Foto-Carolina-Bellinger
Comunitário de Peruana assinado o título de terra. Foto:  Carolina Bellinger

● Terra Santa. Três nomes na disputa pela Câmara

Três nomes estão na disputa para presidência da Câmara de Vereadores de Terra Santa, biênio 2019-2020, todos da base governista e do PSD: Delison Ferreira, Milenildo Freitas e Lucivaldo Lobato. O trio articula apoio do prefeito Doca Albuquerque (PSD). A Casa, que impede a reeleição ao cargo, é dirigida atualmente por Jorge Picanço (PTB).

● Trairão. TCM aprova contas do Fundo de Saúde

A prestação de contas do Fundo Municipal de Trairão, ano 2009, foi aprovado pelo TCM (Tribunal de Contas dos Municípios). O alvará de quitação, no montante de R$ 3,3 milhões foi expedido em favor da ex-secretária de Saúde do município Viviane da Silva Vilhena.

● Óbidos. Quilombolas recebem título definitivo de terra

Quilombolas de Peruana, comunidade obidense, receberam nesta quinta-feira na sede regional do Incra em Santarém o título definitivo de suas terras. Na área de 1.945,53 hectares vivem 16 famílias. Em todo o município, vivem cerca de mil famílias quilombolas, que ocupam 6 territórios coletivos e 18 comunidades.

● Aveiro. Vilson declara estado de calamidade financeira

O prefeito Vilson Gonçalves (MDB) assinou decreto em que declara “estado de calamidade financeira” no município.  A situação vigora deste terça-feira (6). O objetivo, segundo gestor, é implementar “medidas administrativas para minimizar danos sócio-econômicos”. Eis algumas delas: corte de diárias,  passagens, e gratificações, além da limitação dos gastos em no máximo 80% do orçamento.

● Juruti. Prefeitura prepara a 5ª edição do Fencaj

Em pleno curso, a organização do 5º Fencaj, Festival da Canção de Juruti, a ser realizado ainda neste ano. A iniciativa é da prefeitura, gestão Henrique Costa (PT), via Secretaria de Cultura, Desportos e Turismo.

Leia também:
Tribunal de Justiça suspende ação penal contra advogado do oeste do Pará

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *