1º de abril: Helder nomeia tucana ao Iasep de Óbidos, e causa surpresa em aliados  , rosângela mota - Óbidos
Rosângela Mota e Márcio Miranda

Ferrenha defensora da candidatura a governador de Márcio Miranda (DEM) na eleição de 2018, a tucana Rosângela Mota é a nova chefe da agência do Iasep (Instituto de Assistência dos Servidores do Estado do Pará) em Óbidos, oeste do Pará.

A nomeação, oficializada ontem (1º de abril) no DOE (Diário Oficial do Estado), causou surpresa entre os aliados do governador Helder Barbalho (MDB) no município. E não é mentira.

Na campanha do ano passado, Rosângela Mota não fez corpo mole. Foi às ruas e às redes sociais em campanha aberta ao candidato derrotado por Helder no 2º turno — Márcio Miranda.

Daí o espanto dos barbalhistas na manhã de segunda-feira quando viram o nome de Rosângela Mota como nova integrante do novo governo.

Abaixo, veja Rosângela em 5 atos — 2018 e 2019.

🙅🏻‍♀️ ATO 1. “Barbalhos estão sempre ligados à corrupção”

ronsagela mota - óbidos 3

🙋🏻‍♀️ATO 2. “Os fichas limpa do Pará”

rosangela mota - Óbidos 3

🙅🏻‍♀️ ATO 3. “Eles são do vale tudo do errado”

Rosangela Mota - Óbidos 2

🙋🏻‍♀️ATO 4. “É 25, vamos vencer”

rosângela mota - Óbidos

🤦🏻‍♀️ATO 5. A portaria de nomeação para o Iasep

Iasep - Óbidos

Leia também:
Helder entra na disputa à presidência nacional do MDB; veja quem é seu adversário

  • 75
    Shares

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

11 Comentários em: 1º de abril: Helder nomeia tucana ao Iasep de Óbidos, e causa surpresa em aliados

  • Virei notícia, através do lado partidário, mas a campanha é democrática. Sei que o seu portal é dar notícias mas deve ser remunerado. Gostaria que deixasse o partidarismo de lado e acompanhasse meu desempenho profissional diante de todos os órgãos que fui servidora pública, a nível municipal e estadual. Acredito que o novo governo nomeia pelo desempenho. Já mostrei que mereço através da câmara de vereadores em Óbidos, Secretarias da prefeitura de ÓBIDOS, como chefe de gabinete em um governo municipal de PTB/PT e por último na CIRETRAN de Óbidos, E vou mostrar a vc Jeso que por onde eu vou sempre deixo o meu melhor desempenho. Venha Conferir o antes e o depois do Iasep.

    • Sucesso, Rosângela, não sua nova empreitada. A notícia tem cunho partidário, pois é impossível dissociá-lo da sua trajetória profissional, ligada a partidos políticos. Nada que a desqualifique e nem impeça de exercer seu ofício com zelo, eficiência, alta produtividade. Parabéns pelo nó tático que deu nos emedebistas de Óbidos.

      • A eleição acabou em outubro/2018, desarmem os palanques e deixe os democraticamente eleitos, trablharem, daqui a 4 anos o povo terá novamente o direito de aprovar ou não o gestor que está no comando do Estado, ele tem todo direito de escolher sua equipe.
        Picuinha política, nesse momento, só atrapalha, o que vale mesmo é a competência e o histórico dos gestores escolhidos no desempenho de suas funções públicas, é isso que nos interessa, se ele for de partido a ou b ou se apoiou c ou d não faz a menor diferença, quremos e devemos cobrar dos nossos gestores um bom desempenho e o compromisso com o povo do Estado do Pará, se isso acontecer certamente todos nós seremos beneficiados. AVANTE PARÁ

  • Primeiramente, ela devia ter vergonha de correr atrás de um cargo como esse, após ter babado ovo do lado errado (sifu e não) eu tenho certeza que não foi o curriculum dela que a fez estar lá, mas a perseguição pelo tal. Jogada suja! Vai ver o nosso querido governador não sabe desse babado!!! Mas eu conto (e pessoalmente)

  • Se fosse tão boa, não ficaria atrás de cargos por indicação política.

  • Que Rosângela Mota é competente e qualificada para ocupar o cargo de supervisora do Iasep, em Óbidos, isso não se discute, pois capacidade e qualidade ela tem – e muita !!

    Helder Barbalho no seu propósito de fazer um governo de união voltado para TODOS os paraenses, independente de bandeiras políticas ou condição social, tem se empenhado em construir, como ele mesmo diz, “APENAS UM CAMINHO E UM NOVO TEMPO, DE UM NOVO ESTADO PARA TODOS OS PARAENSES”, sem exceção.

    O que parece incoerente e reprovável, no caso noticiado na matéria em tela, é o fato de a senhora Rosângela, na campanha de 2018, ter postado nas redes sociais ofensas rasteiras e levianas contra o então candidato Helder Barbalho, um homem público probo, honesto e honrado, afirmando que sua família estaria “ligada à corrupção”, e agora vem essa senhora e aceita trabalhar justamente ao lado de quem ela chamou de corrupto. Isto, sim, é que é inconcebível, inaceitável e por demais indecoroso, próprio de agentes políticos volúveis, cultores do chamado fisiologismo político que prevalece no âmbito dos poderes Executivo e Legislativo, em todas as sua esferas, desde os tempos do Império.

  • Pergunta pra doutora o que ela acha do chefe dela agora… (risos).
    Ei Jeso, ê mundão que dá voltas sô!!!

  • É a primeira vez que vejo um flamenguista virar vascaíno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *