Belterra, Mojuí dos Campos, Terra Santa, Oriximiná e Óbidos em 5 notas curtas

Belterra. Temorosa polarização

Se for liberado pela Justiça para disputa deste ano, o prefeito Dr. Macedo (DEM) terá ainda que estimular o lançamento de novas candidaturas ao cargo. Se a eleição ficar polarizada entre ele e Júnior Rocha, o emedebista leva vantagem, segundo os números da pesquisa recente da Destak.


Óbidos. Tucano para Câmara

Jornalista premiadíssimo, Ronaldo Brasiliense ensaia candidatura a vereador de Óbidos neste ano pelo PSDB. Ela já fala abertamente para os amigos essa possibilidade. Brasiliense é orgulhosamente obidense.

 

Mojuí dos Campos. Avaliação de Jailson

A avaliação positiva do governo Jailson Alves ficou pela primeira vez em quase 8 anos de mandato abaixo de 40%, conforme a pesquisa de janeiro da Destak. Para 8% dos entrevistados, o prefeito faz uma “excelente” gestão, e “boa” para 29%. Os que cravaram desempenho “regular” chegou a 40%. A avaliação negativa (ruim e péssima) atingiu 21%.


☗ Terra Santa. Repasse da CFEM

Subiu um traço o repasse dos royalties da bauxita (CFEM) de janeiro em relação a dezembro do ano passado para o município. Pulou de R$ 2.045.069,14 para R$ 2.203.611,40.


Oriximiná. Sonoro coro

Ainda ecoa em todo o Pará a ruidosa recepção “Fora Ludugero” que o prefeito ganhou na visita deste final de semana do governador Helder Barbalho ao município. O constrangedor episódio foi gravado em vídeo, que roda livre, solto e em velocidade estonteante nas redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *