Contraste 2 | Vereador que denunciou
Preto Sousa, revelação da existência da “quadrilha” em Óbidos

Preto Sousa (PSD), ex-presidente da Câmara de Vereadores de Óbidos (PA), foi um dos primeiro a denunciar a existência de uma “quadrilha” no município especializada em “assaltar o dinheiro” da área da Saúde.

Nesta terça-feira (5), a Polícia Federal deflagrou a operação Contraste em Óbidos. O alvo foi a Semsa (Secretaria Municipal de Saúde), onde um suposto esquema de corrupção foi implantado no início da gestão do prefeito Chico Alfaia.

 

Alfaia, inclusive, foi acusado por Preto Sousa de participação nesse esquema. O vereador chegou a ir ao MPF (Ministério Público Federal) em Santarém para denunciar o caso.

“O prefeito [Chico Alfaia] também está junto com essa quadrilha”, afirmou o parlamentar em entrevista à Sentinela TV, afiliada da Band em Óbidos, em novembro de 2017.

No início deste ano, logo depois de deixar a presidência da Câmara, Preto Sousa abandonou o discurso de oposição, e se aliou ao prefeito Chico Alfaia.

Hoje, ele faz parte da bancada governista.

Outros dois parlamentares que deram voz ao problema em Óbidos foram Kedson das Máquinas (MDB) e Lindomar Marinho (PSC). Ambos permanecem na oposição.

 

Nome da operação

A operação deflagrada nesta terça-feira em Óbidos foi batizada pela PF de Contraste, referência ao volume de compras de medicamentos pela Secretaria Municipal de Saúde de Óbidos, no período investigado (2017 e 2018), que contrastou com as notícias de fortes reclamações da população local pela falta de remédios nas unidades de saúde.

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

6 Comentários em: Contraste 2 | Vereador que denunciou “quadrilha” da Saúde em Óbidos se aliou ao prefeito

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *