ICMS Verde e licitação de R$ 10 milhões sob suspeita em Óbidos, obidoscam

Mesa Diretora da Câmara de Óbidos

Supostas irregularidades na aplicação dos recursos do ICMS Verde repassados a Óbidos e a realização de uma licitação pelo prefeito Chico Alafaia, para aquisição de medicamentos, no valor de 10 milhões de reais estão na mira da Câmara de Vereadores.

Em entrevista à Sentinela TV/Band, o presidente da Casa, José Carlos Souza (PSD), o Preto, disse que serão tomadas providências no sentido de cobrar do governo municipal explicações sobre esses dois casos.

Sobre o ICMS Verde, por exemplo, o parlamentar voltou a cobrar de Chico Alfaia a prestação de contas semestral dos recursos canalizados pelo Estado ao Município.

“O governo tenta desmoralizar a Câmara ao não mandar mandar o secretário [de Meio Ambiente] para prestar esses esclarecimentos aqui na Casa”, criticou Preto.

A respeito da licitação de 10 milhões de reais, o presidente da Câmara tachou o certame de “absurdo”, pois a Secretaria Municipal de Saúde não dispões nem, na sua dotação orçamentária, 40 mil reais/mês para esse tipo de gasto.

“A secretaria levaria 10 anos para gastar 6 milhões”, fez as contas.

Confira a íntegra da entrevista no vídeo abaixo.

Leia também
MEC autoriza abertura de 6 cursos da Ufopa em 4 cidades do oeste do Pará

  • 20
    Shares

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

3 Comentários em: ICMS Verde e licitação de R$ 10 milhões sob suspeita em Óbidos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • antonio netore disse:

    ja localizaram o dinheiro jeso da icms verde, está com o bichinho pois as pontes do curuçamba são de concreto, e vão subestituir por madeira que é mais resistente,é o resto da obra que sobrou lá de curuá quando o bichinho tava lá.

  • marques fonseca disse:

    preto bota pra cima mesmo,e cobra honra o nome que seu pai lhe deu,que aquele era honesto, e cuidado com o vice presidente da casa que esse se vende por migalha que isso não e novidade pro povo, só gostaria de saber se essa licitação pode ser feita pois se o municipio não absolve isso por mes e em 4 anos isso pode ser feito para deixar a bomba para a outra adm,

  • Adriana Azevedo Ramos disse:

    Tchau Filhos (puxa-sacos) de Francisco. Um filme nas telas do celulares em breve na cidade Óbidos.