Juiz condena blog por suposta injúria a prefeito com bens bloqueados; defesa vai recorrer, juiz Clemilton Salomão, de Óbidos
Clemilton Salomão, autor da sentença

O juiz Clemilton Salomão de Oliveira, de Óbidos, condenou o Blog do Jeso e o seu editor, repórter Jeso Carneiro, a pagamento de cerca de R$ 15 mil por suposto crime de injúria e difamação ao prefeito Chico Alfaia (PR).

A sentença foi proferida ontem (13). A defesa do blogueiro vai recorrer da decisão junto ao TJ (Tribunal de Justiça do Pará).

No cargo desde janeiro em 2017, Chico Alfaia é réu em várias ações na Justiça por supostos crimes cometidos no exercício do cargo. Ele está com parte dos seus bens bloqueados, a pedido do Ministério Público do Pará, por ato de improbidade administrativa.

O bloqueio dos bens foi decretado pelo Tribunal de Justiça do Pará, em fevereiro deste ano, depois de ter sido negado por Clemilton Salomão de Oliveira, em Óbidos.

O ato de improbidade é calcado em denúncia feita pelo blog ainda no início da atual gestão de Chico Alfaia. O advogado Marjean Monte também aparece como réu na ação.

VIA CRIMINAL FRACASSADA

Essa mesma ação de Chico Alfaia contra Jeso Carneiro, só que na esfera criminal, foi rechaçada pela Promotoria Pública de Óbidos. O MP não enxergou qualquer crime atribuído pelo prefeito ao repórter e blogueiro.

O juiz Clemilton Salomão, então, remeteu o caso para a Procuradoria Geral de Justiça, onde tramita.

Leia também:
Justiça barra calote, e obriga Prefeitura de Óbidos a pagar R$ 190 mil a empresário

  • 104
    Shares

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

2 Comentários em: Juiz condena blog por suposta injúria a prefeito com bens bloqueados; defesa vai recorrer

  • SO QUE FALTAVA MESMO SERÁ QUE QUE O BLOG NÃO FALOU A VERDADE

    • se falou falou, se não falou não falou, mas que aí tem um laranjalzinho também tem, é como dizem, hoje somos pedra, amanhã somos vidraça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *