Justiça libera 2 veículos para Óbidos apreendidos na operação Madeira Limpa
Óbidos, um dos palcos da Madeira Limpa em 2015. Foto: BJ

 

A Justiça Federal em Santarém (PA) acaba de liberar 2 veículos apreendidos em 2015 durante a operação Madeira Limpa, de combate a crimes ambientais e deflagrada pelo MPF (Ministério Público Federal) e Polícia Federal.

A decisão foi tomada nesta segunda-feira (23) pelo juiz federal substituto Felipe Gontijo Lopes.

Os dois veículos estão guardados na CDP (Companhia Docas do Pará) e pertencem ao município (L-200, placa JXF-6225) e ao empresário Rubem Vaz (Toyata Hilux, placa JUX-4014).

A entrega será feita pela PF.

 

O único acusado de envolvimento no esquema criminoso que residia em Óbidos, o ex-secretário municipal à época Vinícius Picanço Lopes (Meio Ambiente) foi absolvido — em sentença proferida no final do ano passado. Não ficou configurado qualquer envolvimento de Vinícius Lopes no caso.

Leia a íntegra de decisão do juiz federal.

— LEIA também sobre o caso:

Justiça Federal condena 13 réus da Madeira Limpa, entre eles servidores do Ibama e Incra

Por desinteresse de Óbidos, balsa apreendida na Madeira Limpa vai para bombeiros de Santarém

Juiz libera empresário réu da Madeira Limpa para nova viagem aos EUA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *