Sindicato aprova greve a partir de 2ª em Óbidos por causa de salários em atraso, greve - professores - óbidos
Assembleia geral do STPMO realizada na manhã de hoje em Óbidos

O sindicato que reúne os servidores públicos municipais de Óbidos, no oeste do Pará, decidiu em assembleia realizada na manhã desta sexta-feira entrar em greve a partir da próxima segunda-feira (10).

A paralisação é por tempo indeterminado.

A decisão deve-se ao pagamento salarial sempre em atraso pela gestão do prefeito Chico Alfaia (PR), prática que ele prometeu por fim na campanha eleitoral de 2016, pois segundo ele, tinha experiência como gerente de banco.

Desde que tomou posse, em janeiro do ano passado, Alfaia jamais conseguiu fazer o pagamento em dia do funcionalismo público. A lei estabelece que o trabalhador deve receber seu salário até o 5º dia útil do mês subsequente.

Será a primeira greve do STPMO (Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais de Óbidos), o maior do município, no governo atual. Os servidores contratados são o mais penalizados pelos atrasos. Há 3 meses eles trabalham sem receber.

Procurada, a Prefeitura de Óbidos nada respondeu sobre a decisão do STPMO. O espaço está aberto para o contraponto.

Ainda hoje, mais informações.

Leia também:
Óbidos, Terra Santa, Juruti, Mojuí dos Campos e Monte Alegre em 5 notas curtas

   

  • 11
    Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *