Escândalo do lixo: advogada de Oriximiná repudia blog por suposta ironia sobre ela , procuradora de oriximiná
Elisângela Batista, advogada e procuradora de Oriximiná

Contraponto da advogada e procuradora do município de Oriximiná, Elisângela Batista, a propósito da matéria Advogada diz que blog não tem “qualificação” para divulgar notícia que penalizou prefeito; vídeo.

Ela faz críticas ao blog por “tecer inalações (sic) negativas”, “distorcer fatos”, macular o nome e imagem dela, “além de ironizar minha pessoa”.

Abaixo a íntegra. E logo em seguida a réplica do blog:


Eu, Elisângela Fernandes Batista, sou profissional do direito há 16 anos, e desde 2017 atuo como Procuradora do Município de Oriximiná, venho a público repudiar a matéria publicada no dia 03/01/2019, no Portal Jeso Carneiro, Facebook Blog Jeso Carneiro, por intermédio de responsável, Jeso Carneiro, referente ao vídeo contendo uma entrevista minha, que foi concedida aos meios de comunicação do Município de Oriximiná.

Por ocasião da publicação o Sr. Jeso Carneiro afirma ipsis litteris: “Advogada diz que blog não tem qualificação para divulgar notícia que penalizou prefeito”, “a procuradora do município de Oriximiná fez críticas ao blog em vídeo veiculado hoje”.

Em sequência passar a emitir opiniões de caráter subjetivo, tecer inalações negativas, distorcendo os fatos que deram causa a entrevista em questão, além de ironizar a minha pessoa.

O Sr. Jeso Carneiro publicou o vídeo com suas próprias considerações, não procurando ouvir o meu lado e/ou do prefeito, preferindo desferir e vociferar informações equivocadas, as quais maculam o meu nome, a minha imagem e minha reputação.

E aqui se reforça a necessidade da prestação de esclarecimento aos internautas. A entrevista veiculado no vídeo não foi em resposta a qualquer publicação do Sr. Jeso Carneiro e sim em resposta aos inúmeros boatos e falsas informações que estavam sendo divulgados desde domingo (30/12/2018) em grupo de WhatsApp e Facebook no Município de Oriximiná.

Reafirmo, que os boatos que estavam sendo difundidos mostravam a falta de conhecimento técnico jornalístico e jurídico para analisar o teor da decisão judicial, tanto que interpretaram a decisão erroneamente e passaram a divulgar que o prefeito havia sido afastado do cargo.

Eu, como profissional do direito prego o respeito a liberdade de expressão, a qual figura entre as liberdades constitucionais mais comumente asseguradas, consistindo basicamente, no direito de comunicar-se. Isto é, de exteriorizar pensamentos, opiniões, informações e sentimentos. No entanto, a liberdade de expressão não pode ser confundida com um suposto “direito à ofensa” como vem acontecendo frequentemente em discussões políticas nas redes sociais.

É preciso deixar claro que aquele que pratica crime contra a honra, seja no mundo físico ou em um ambiente virtual, estará sujeito à responsabilização penal, sem prejuízo da responsabilização civil por meio de indenização pelos danos morais e materiais causados.

E é por este motivo que me manifesto e com fulcro na Lei nº 11.188/2015, ofereço o DIREITO DE RESPOSTA para que seja publicada por Vossa Senhoria em até 24 horas, junto ao Portal Jeso Carneiro, Facebook Blog Jeso Carneiro, na exata proporção, com os mesmos tempo, destaque, publicidade, periodicidade e dimensão do agravo aqui representado.

Elisângela Fernandes Batista, Advogada/Procuradora do Município de Oriximiná


Nota do editor: A advogada falta com a verdade quando afirma que o blog não teria procurado o prefeito e/ou ela para ouvi-la acerca da decisão. Não só procuramos antes da matéria ir ao ar, via assessoria de imprensa da Prefeitura de Oriximiná, como também depois de publicada recebemos do senhor Jânio Oliveira o vídeo como contraponto à reportagem.

No vídeo, não há qualquer referência de que a advogada se contrapõe apenas à mídia de Oriximiná. Isto posto, o blog, que tem divulgado diversas informações sobre a decisão que penalizou o prefeito Ludugero (PR), ratifica o inteiro teor de tudo que até agora publicamos sobre o caso.

Leia também:
TJ bloqueia R$ 16,5 mi dos bens do prefeito Ludugero por fraude na licitação do lixo

  • 64
    Shares

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

7 Comentários em: Escândalo do lixo: advogada de Oriximiná repudia blog por suposta ironia sobre ela

  • É por aí, Jeso. Nunca vi ou ouvi um político assumir que errou.

  • Esses corruptos jamais irão admitir seus erros diante a sociedade. Principalmente para com o seu município que infelizmente sofre as consequências dos desvios do dinheiro público. Mas, não vai demorar muito não pra casa desses cair… Ah!!! Mas, não vai mesmo! Isso é questão de tempo.

  • Bando de safado.

  • Bando de safados e corruptos.

  • ESSA FARRA COM O NOSSO DINHEIRO VAI ACABAR, VAMOS SIM TRABALHAR UNIDOS PELA NOSSA CIDADE, SÓ UM AVISO HA MÍDIA DE ORIXIMINÁ, NÓS FISCALIZAMOS HA 4 ANOS O PORTAL DE TRANSPARÊNCIA E AS IRREGULARIDADES DOS GOVERNOS, NAS LICITAÇÕES, GASTOS COM INVENTO DE DISCRIMINAÇÃO DE PAGAMENTO NO FINANCEIRO, VERBAS DAS SECRETARIAS QUE SÃO USADAS PARA PAGAR OUTRAS CONTAS E NÃO SÃO DEVOLVIDAS PARA AS MESMAS, EXCESSOS DE PAGAMENTOS PARA FIRMAS LOCAIS COM VALORES ALTOS,.. ESTAMOS JUNTADO TUDO ISSO E VAMOS FAZER UM DOSSIÊ QUE SERÁ DENUNCIADO POR BRASILIA… OK

  • rrr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *