Assassinato de sindicalista: audiência de instrução e julgamento em Rurópolis, Justiça, Fórum de Rurópolis
Fórum de Rurópolis, local da audiência

Começou nesta quarta-feira (15), no Fórum de Rurópolis, oeste do Pará, a primeira audiência de instrução e julgamento sobre assassinato da sindicalilsta Leila Ximendes, ocorrido em outubro de 2016.

A denúncia do crime foi protocolada em janeiro deste ano pelo Ministério Público do Pará. Três pessoas – 2 mandantes e 1 executor – são acusados pela morte de ex-secretária do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTR) de Rurópolis.

O juiz Odinandro Garcia Cunha recebeu a ação penal, e determinou a realização de instrução de julgamento do caso.

Nesta fase, o magistrado avalia as provas da acusação, ouve as testemunhas de defesa e, por fim, faz o interrogatório dos acusados. Cada réu pode indicar até 8 testemunhas. Eles foram acusados pelo MP de homicídio qualificado. Podem pega de 12 a 30 anos de prisão.

Leia mais sobre o caso em: Em áudio, ex-prefeito cita nome de supostos envolvidos na morte de sindicalista; ouça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *