Justiça alcança 1 dos 3 acusados de envolvimento na morte de sindicalista do PT , Justiça, Fórum de Rurópolis
Prédio do Poder Judiciário em Rurópolis, oeste do Pará

Ainda ontem (9), no primeiro dia em que o oficial de justiça em Rurópolis saiu às ruas para citar os 3 acusados de envolvimento no assassinato da sindicalista Leila Ximendes, dois deles foram alcançados.

Para eles 2, o prazo de 10 dias para responder à acusação, por escrito, já começou.

O blog apurou que o segredo de justiça dado à ação penal ajuizada pela promotora Mariana Cavaleiro de Macêdo Dantas deve-se ao fato de pelo menos 2 dos acusados serem pessoas influentes no município.

A suspeita de crime político foi afastada na fase de investigação.

O QUE É

A citação é a forma de chamar o réu ao processo para que este tome conhecimento da acusação que lhe é imputada e assim exerça o seu direito de ampla defesa e contraditório.

Sem a citação, não há a configuração da relação triangular e processual, o que por sua vez torna a sentença processual nula e insanável.

O CRIME

Filiada ao PT e secretária do STTR (Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais) de Rurópolis, Leila Cleópatra Ximendes de Sousa foi assassinada a facadas no dia 1º de outubro de 2016, por volta das 20h30, ladeira do bairro do Leitoso, em Rurópolis.

O executor a atingiu 3 vezes, por ordem de 2 mandantes.

Ela ainda chegou com vida no hospital da cidade, mas faleceu logo em seguida devido a uma parada cardiorrespiratória em decorrência de hemorragia causada pelas facadas.

Os acusados, todos homens, conforme o blog apurou, nunca foram presos.

Depois de devidamente citados e de entregarem a defesa prévia à Justiça, o juiz da comarca de Rurópolis marcará a audiência de instrução e julgamento do caso.

Odinandro Garcia Cunha é quem, atualmente, comanda o Judiciário no município.

Leila e Marielle
Leila Ximendes tinha 29 anos quando foi assassinada

Matéria atualizada às 9h34 para incluir a citação de mais um dos acusados

Leia também sobre o caso:
—  Ministério Público confirma ação penal contra matadores de sindicalista; 3 são acusados
—  Segredo sobre acusados de matar sindicalista encerra na sentença de pronúncia

  • 482
    Shares

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

4 Comentários em: Justiça alcança 2 dos 3 acusados de envolvimento na morte de sindicalista do PT

  • É só 3 acusados? Mais com certesa no desenrolar das coisas vao descobrir que tem no minimo mais dois o arquitetador de tudo. E o caroneiro da motocicleta. Isso se chama quadrilha.

  • Porque não é feita logo às prisões, para que possam ser interrogados ém separado é não possam ameaçar testemunhas nem fugir da cidade!

  • Olha, você tem certeza que você não é juiz jeso, afinal , me parece que em sua nota você já apontou as pessoas como criminodos, reveja seu conteúdo para tornar-se seu blog uma fonte de notícias confiavel não isso que você tem.

    • Criminoso, onde? São acusados — esse é o termo que sempre empregamos aqui no blog. Se os 3 forem a júri popular, deixarão a condição de acusados e passarão a ser denominados de réus. Se considerados culpados pelo crime, receberão a denominação de “condenados”. Sempre assim aqui. Seguido o rito jurídico. Com respeito a todosos envolvidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *