MP entra com ação contra matadores de sindicalista do PT em Rurópolis, assassinato em Ruropolis
Leila, em destaque, e amigos e familiares em seu túmulo na cidade de Rurópolis

O Ministério Público do Pará entrou com uma ação na Justiça, na manhã desta segunda-feira (7), contra os supostos matadores de uma sindicalista e militante do PT de Rurópolis, oeste do Pará, crime ocorrido na véspera da eleição de 2016 no município.

O processo tramita em segredo de justiça.

O Blog do Jeso conseguiu apurar ainda que mais de 1 pessoa está arrolada como acusado pelo assassinato, a facadas, de Leila Ximendes, à época com 29 anos e morta a caminho de sua casa.

Filiada ao PT, Leila trabalhava como secretária no STTR (Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais) de Rurópolis. Além de ser integrante da coordenação de campanha do então candidato a prefeito Taká Padilha (MDB), que venceu a eleição naquele ano.

Há indícios de conotação política no crime.

Os acusados pela morte de Leila serão notificados pela Justiça. É provável que eles sejam levados ao tribunal do júri, que detém a competência para julgar os crimes dolosos contra a vida.

FASES

Após o oferecimento da denúncia pelo MP e sacramentada hoje, caberá ao juiz decidir pela pronúncia, impronúncia, desclassificação ou absolvição sumária.

Se acatada a acusação, será realizado o julgamento dos réus no tribunal do júri. Esta fase começa com o trânsito em julgado da sentença de pronúncia e se encerra com a sentença do juiz presidente do tribunal popular.

  • 1.2K
    Shares

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

6 Comentários em: MP ajuíza ação contra os acusados de matar sindicalista do PT em Rurópolis

  • Quero que ajustica seja feita quem covarde que feiz essa asasinato punido pesoa tao cheia de vida pela frente

  • Esperamos que a justiça realmente seja feita ,pois os culpados estão todos solto e sorrindo da barbárie que fizeram com essa mulher ,que lutava por uma cidade melhor….só lembrando que os que mandaram tá em ruropolis e quem matou está no mato grosso, mais precisamente em sinop

  • Eu acho interessante a justiça fala em transe em julgado bota em segredo de justiça e não da o nome dos bois

  • É Deus diz que a trevas pode ser escura com for que pra ele é clara com a Luz do dia

  • Vamos ver se agora o caso seja encerrado com à devida punição aos culpados, justiça precisa começar à funcionar por aqui!

  • Põe as fotos pra nos vê as cara dos bandido a população que sabe quem e os covarde que fez isso porque os nome não pode se colocados porque tem dinheiro para não pública

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *