Câmara de Terra Santa abre licitação para compra de móveis planejados, Plenário da Câmara de Vereadores de Terra Santa

Plenário da Câmara de Terra Santa: mudança dos móveis

A Câmara de Vereadores de Terra Santa, uma espécie de puxadinho da gestão do prefeito Doca Albuquerque (PSD), foi às compras.

Pretende reformular o mobiliário da Casa.

Com a repaginada, ganhará móveis planejados – ideia do presidente-vereador Jorge Picanço (PTB).

Não há, ainda, licitação programada para reforçar o estoque de óleo de peroba.

Abaixo, o edital da licitação.

💺

CÂMARA MUNICIPAL DE TERRA SANTA-PA
A Câmara Municipal de Terra Santa, realizará no dia 07/02/2018 às 10:00 hrs P. P. nº 0004/2018-CMTS.
Objeto: Confecção de móveis planejados em MDF para o plenário da Câmara Municipal de Terra Santa.
Jorge Nogueira Picanço
Ver. Presidente

Leia também:
Juiz ordena que prefeito repinte prédios públicos com dinheiro do próprio bolso

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Um comentário em: Câmara de Terra Santa abre licitação para compra de móveis planejados

  • A próxima licitação será para a compra de flanela e óleo de péroba para lustrar a cara de pau dos nossos senhores vereadores. Vergonha a atuação destes vereadores diante de uma escárnio deste tipo. Uma cidade toda pintada ao bel prazer do senhor prefeito e foi preciso a imprensa falar alguma coisa para este descalabro vir a tona porque se fossemos esperar alguma reação por conta dos vereadores até hoje seríamos apenas alvo de piadas pelos visitantes que por aqui passam. Mas estes vereadores precisam saber que temos a imprensa, facebook e whatsapp para queimar o filme deles todos os dias nos quatro cantos. Nossa cidade merece por parte dos vereadores muita mais projetos do que simplesmente gastar dinheiro com troca de móveis e por cima de tudo ainda do tipo mais frágil e mais caro (MDF). O presidente deveria usar este dinheiro para fazer um concurso para o legislativo e assim valorizar o servidor público também.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *