Doca, de Terra Santa, deve ser reeleito com mais de 55% dos votos, aponta pesquisa
Doca Albuquerque seria reeleito se a eleição fosse hoje

Pesquisa realizada no final de semana em Terra Santa, oeste do Pará, pela Destak Publicidade e Pesquisa aponta, com folga, a reeleição do prefeito Doca Albuquerque (PSD) se a eleição para o cargo fosse realizada hoje.

Foram entrevistadas 480 pessoas, nas zonas urbana e rural do município. O nível de confiança da pesquisa é de 95%, e a margem de erro, 3,5%, para mais ou para menos.

Doca, pré-candidato à reeleição, aparece com 56% da intenção dos votos na pesquisa estimulada, aquela em que são apresentados opções de candidatos aos entrevistados, e 33,3% na espontânea — em que os entrevistados respondem livremente.

 

Nas duas pesquisas, o adversário que mais se aproxima de Doca é o ex-prefeito Adalberto Anequino (MDB), com 9,8% (espontânea) e 20% (estimulada). O emedebista, por outro lado, é o que possui a maior rejeição entre os candidatos listados no levantamento.

Os dois travaram uma disputa acirrada em 2016 pelo cargo. Doca obteve 49% dos votos válidos; Anequino, 45,7%.

A Destak simulou ainda 3 cenários diferentes de disputa para prefeito. Em todos eles, Doca vence com folga. Os demais prováveis nomes na eleição para prefeito em 2020 são de Lucivaldo Batista (PSL) e João Batista (PSB), que ficou em 3º e último lugar na disputa de 2016.


Estimulada – cenário 1

Doca quase reeleito

Espontânea

Pesquisa em que o entrevistado responde livremente o nome de sua preferência, na espontânea também aparecem Marcílio Picanço (0,6%), ex-prefeito de Terra Santa, e Tárcio Bentes, atual presidente municipal do PSDB. Nela, chama atenção o percentual de eleitores que ainda não decidiram em quem votar — quase 56%.

Inrtenção de votos, Doca, em Terra Santa

Estimulada – cenário 2

 

A Destak também simulou um cenário com apenas dois candidatos: Doca e Lucivaldo. O atual prefeito seria eleito com mais de 60%. O candidato do PSL teria 23% da intenção dos votos.

Pesquisa, Doca lidera

Estimulada – cenário 3

Outro cenário hipotético criado pela pesquisa foi o confronto direto entre Doca e João Batista. O prefeito atual também seria reeleito com 62% dos votos, contra 32% do militante socialista.

Estimulada – cenário 4

Por fim, estimulou-se os entrevistados a optarem por Doca ou Adalberto numa disputa apenas entre os dois maiores adversários políticos da atualidade em Terra Santa.

Doca venceria com 58%, contra 25% de Adalberto. Votos brancos e nulos somaram, neste cenário, 7%. Não sabe/não responderam pontuaram 10%.

Rejeição dos candidatos

O levantamento da Destak também mediu a rejeição dos candidatos a prefeito de Terra Santa. O mais rejeitado é Adalberto (30%), seguido de Doca (22%).

João Batista (10%) Lucivaldo Batista (9%) são os menos rejeitados. Estão empatados considerando a margem de erro da pesquisa, que é de 3,5%.

— LEIA também: Ministério Público abre investigação contra o ex-prefeito de Terra Santa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *