Janela partidária. Confira para onde os 11 vereadores de Terra Santa migraram
Os vereadores e vereadoras de Terra Santa. Foto: CMTS

Encerrado no último sábado (4) o prazo para que vereadores com mandato trocassem de partido sem justa causa. Ou seja, fechou a janela partidária.

A janela partidária foi criada para possibilitar aos membros do Poder Legislativo em ano eleitoral mudar de partido sem correr o risco de perder o mandato por infidelidade partidária.

 

Confira como ficou a Câmara de Vereadores de Terra Santa, no oeste do Pará e que tem 11 integrantes, após o fechamento da janela partidária.

Val dos Anjos. Campeã de votos na eleição de 2016 (714 votos), permaneceu no PSD, pelo qual tentará sua 1ª reeleição.

Delison Ferreira. Continua no PSD. Mas não deve concorrer à reeleição. O pai, ex-vereador Luís Ferreira por três mandatos — eleito em 2004, 2008 e 2012 –, substituirá o filho na busca de mais um mandato para o grupo político dos Ferreira.

Jorge Picanço. Trocou o PTB pelo MDB, onde estão suas origens políticas. Participa há 20 anos de disputas eleitorais no município. Tentará emplacar o 5º mandato de vereador neste ano.

Lucione Lobato. Eleita pelo DEM em 2016 com 476 votos, é candidata à reeleição pelo PSD.

Synthya Anequino. Permaneceu no MDB. Nascida em Parintins, concorrerá à sua primeira reeleição.

Vandinho. Eleito em 2016 pelo PMDB (hoje MDB), migrou para o PSC, que faz parte da base de sustentação do governo do prefeito Doca Albuquerque. Iniciou na carreira política há 20 anos. Disputa vaga pelo 4º mandato.

 

Lucivaldo Lobato. Atual presidente da Câmara, permaneceu no PSD. Entra na disputa eleitoral deste ano para selar o seu terceiro mandato, sem nunca ter perdido uma eleição.

Professor Milenildo. Nascido em Santarém, continua no PSD, pelo qual foi eleito pela primeira vez em 2016 com 362 votos (8º mais votado do município), depois de uma tentativa fracassada em 2012 pelo PDT. Vai à reeleição.

Ailton Melo. O manauara trocou de partido. Migrou do PV para o PSD. É outro de carreira longeva (mais de duas décadas) em Terra Santa. Participou de 7 eleições e venceu duas — 2000 e 2016. É candidatíssimo à reeleição.

★ Neto Melo. Permaneceu no ninho tucano. E é pelo PSDB que concorrerá para sua 1ª reeleição.

Sulpicio Marinho. Foi o vereador eleito em 2016 com o menor número de votos (312), na época pelo PV. Filiou-se na janela partidária ao PSD. E é por essa legenda que tentará nas urnas o terceiro mandato.

— LEIA também: Janela partidária. Confira para onde os 21 vereadores de Santarém migraram

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

2 Comentários em: Janela partidária. Confira para onde os 11 vereadores de Terra Santa migraram

  • Trazem bem dinheiro e mentira na ponta da língua. Esses aí estão mais sujo que pau de galinheiro, meu Deus do céu.

  • É a farra com dinheiro do contribuinte. Com uma população mínima e com 11 vereadores. É Brasil, assim não tem como não quebrar. É aí, haja arrocho em cima do trabalhador, que hoje trabalha pra sustentar supersalarios de políticos, juízes e militares. Acorda Brasil!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *