Justiça arquiva inquérito policial sobre incêndio de cartório em Terra Santa, Luiz Gustavo Cardoso

O juiz Luiz Gustavo Cardoso foi quem proferiu a decisão

Por solicitação do Ministério Público do Pará, a Justiça arquivou o inquérito policial que apurou o suposto incêndio criminoso do Cartório de Ofício Único de Terra Santa, oeste do Pará.

A justificativa do MP foi devido a 2 motivos:

— “Ausência de pressuposto processual” e

— “Falta de justa causa para promoção da ação penal”.

O juiz Luiz Gustavo Viola Cardoso, titular da comarca de Terra Santa, acatou o pedido, em decisão proferida anteontem, 24.

Na fase de investigação, o vereador e cartorário Professor Milenildo (Milenildo Freitas, do PSD) chegou a ser indiciado pela polícia como um dos responsáveis pelo incêndio.

O inquérito foi concluído em julho do ano passado.

  • 49
    Shares

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Um comentário em: Justiça arquiva inquérito policial sobre incêndio de cartório em Terra Santa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *