Terra Santa faz adesão ao programa federal Internet para Todos, Doca e gilberto Kassab

Gilberto Kassab e Doca Albuquerque, ambos do PSD, hoje em Brasília

O governo federal lançou nesta segunda-feira, 12, o programa Internet para Todos, com a presença de 2.471 prefeitos em Brasília, entre os quais Doca Albuquerque (PSD), de Terra Santa, oeste do Pará.

A expectativa do ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, é de fechar novo lote de adesão em 3 semanas, para atender todos os municípios brasileiros.

“Estamos escrevendo uma nova página na história do país”, disse.

Para o prefeito de Terra Santa, a adesão ao programa tem como objetivo promover a inclusão digital no município, uma iniciativa também, segundo ele, histórica.

A expectativa do MCTIC é levar a banda larga a cerca de 40 mil localidades não atendidas com o serviço.

O programa, que é uma evolução do Gesac, usará a capacidade do satélite geoestacionário brasileiro, com condições de oferta de internet a baixo custo, já que é isento de ICMS.

Para os municípios, a despesa se resumirá aos custos de segurança dos equipamentos e dos gastos com energia.

Segundo o ministério, o termo de adesão assinado pelos prefeitos define a infraestrutura básica e as condições para a participação dos municípios no programa. As prefeituras devem indicar onde serão instaladas as antenas para distribuição do sinal de internet.

Os municípios beneficiados nesta primeira fase do Internet para Todos começarão a receber as antenas em maio, e a expectativa é que sejam instaladas 200 antenas por dia.

A operação será feita pela empresa Viasat, dos Estados Unidos, que foi contratada pela Telebras.

Com informações do portal Tele Síntese e redação

Leia também:
As 20 cidades do Pará que mais receberam CFEM em janeiro de 2018

  • 5
    Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *