Escola de Santarém fica em 3º no Prêmio Nacional de Educação Fiscal, Educação fiscal

Marivaldo Sousa contempla o troféu de 3º lugar obtido pela escola santarena

A escola municipal Professora Rosilda Wanghon, na PA-370, comunidade de Perema, em Santarém, ficou em 3º lugar, categoria Escolas, da 6ª edição do Prêmio Nacional de Educação Fiscal, iniciativa da Febrafit (Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais).

A cerimônia de premiação foi realizada ontem, 29, em Brasília.

O prêmio tem por objetivo valorizar as melhores práticas de educação fiscal do país, que ressaltam a importância social dos tributos e sua correta aplicação em benefício da coletividade. A edição 2017 do prêmio recebeu mais de 160 projetos de 16 estados e do Distrito Federal.

Educação fiscal

Josilene Pinto fotografa a solenidade de premiação, em Brasília

O professor Marivaldo Sousa recebeu o prêmio da escola santarena – R$ 3 mil. O nome do projeto implantado na “Professora Rosilda Wanghon” foi “Cidadão Nota 10”.

A titular da pasta municipal de Finanças, Josilene Pinto, também esteve presente na solenidade. Ela é coordenadora do Grupo de Educação Fiscal em Santarém.

Não é a primeira vez que Santarém ganha o Prêmio Nacional de Educação Fiscal. Em 2014, com o projeto “Sol Cidadão Leal”, a escola estadual Frei Ambrósio ganhou o 1º lugar.

Neste link, mais informações sobre o prêmio.

Educação fiscal

Marivaldo Sousa em entrevista à imprensa na solenidade realizada ontem em Brasília

Leia também:
Escola de Santarém está na final do Prêmio Nacional de Educação Fiscal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *