Ruído separa alunos e professor na Ufopa.Microscópio petrográfico

O blog detectou um, digamos assim, ruído na relação entre alunos de Geologia e o professor responsável pelo laboratório de microscopia do curso na Ufopa (Universidade Federal do Oeste do Pará).

O pomo da discórdia é o acesso dos alunos ao laboratório, e o uso dos microscópios petrográficos, no total de 25, dos quais 12 ainda permanecem encaixotados há cerca de 2 anos.

Leia também – Brasil está atrás da Argentina, Chile e México em proficiência em inglês.

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

3 Comentários em: “Ruído” separa alunos e professor na Ufopa

  • O pior é que cada microscópio desse custa mais de 35 mil reais. Dinheiro dos nosso impostos jogado fora. Já que esses equipamentos estão estragando sem serem usados

  • Este professor usa alguns destes microscópios para prestar serviços de consultoria. Fez muita pressão para obter estes equipamentos para auferir lucros pessoais.

  • E a Reitoria do Povo permite isso? Onde está a gestão participativa com excelência?
    Parece que há excelência na qualidade do equipamento, mas sem a participação dos alunos no uso dele…
    Já o professor/pesquisador, se impede o acesso aos equipamentos e os utiliza para fins particulares, mostra não ter gestão participativa nenhuma; excelência, talvez tenha, mas para usufruir de bens da União.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *