Unama indica e enfermeira da Perfuga é condecorada pela Câmara de Vereadores, Unama em Santarém

Prédio da Unama em Santarém

Inoportuna, inapropriada e totalmente deslocada a homenagem feita pela Câmara de Vereadores,  por indicação da Unama, a uma das enfermeiras que receberam a comenda Anna Néri, ontem, 8.

Mara Rodrigues Spínola é uma das ré no processo mais volumoso em tramitação na 2ª Vara Criminal sobre a operação Perfuga, cujo palco principal das supremas transações criminais era justamente a… Câmara.

Ressalta-se: o nome da enfermeira e servidora pública para o Anna Néri não foi sugestão da Sespa, onde é lotada, nem da Câmara, mas da Unama, onde ela também trabalha.

Infeliz escolha e exposição desnecessária da profissional.

Neste link, confira a lista dos condecorados com o Anna Néri.

Alcançado pelo portal Jeso Carneiro, a Unama não quis se pronunciar sobre o caso.

  • 20
    Shares

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

21 Comentários em: Unama indica e enfermeira da Perfuga é condecorada pela Câmara de Vereadores

  • O indiciamento dos funcionários da Sespa na Perfuga, por pura ignorância de sua sistemática de trabalho foi a maior injustiça já feita pela polícia e Ministerio público em Santarém. Esperamos que essa injustiça seja corrigida o mais breve possível.

  • “Infeliz escolha e exposição desnecessária da profissional” , não acho infeliz a escolha, conheço a professora Mara e achei super merecida a homenagem, pois em toda minha vida acadêmica na UNAMA tive poucos professores que se destacaram e dos quais me espelho para vida profissional! Exposição desnecessária sim, mais não pela UNAMA que reconhece o bom Profissional que é a professora Mara Spinola, mas exposta por você blogueiro cretino desocupado.

    • Ana, cretinice é de quem expõe uma profissional que ainda está sob intenso holofote da mídia por conta da Perfuga. Cretinice também é de quem adora censura, aplaude a mordaça, incentiva o calaboca em uma sociedade democrática. Mais cretinice ainda é quem não consegue flutuar além de seu limitado analfabetismo funcional.

      • Cretinice é quem julga alguém culpado com um processo ainda em andamento, sem sentença condenatória?
        Posso ir a Delegacia lhe denunciar por agressão, e com o meu B.O, mesmo com a acusação descabida, a impressa pode sair publicando que você é culpado?

        • Cretinos, reafirmo, são os analfabetos funcionais que não sabem ler e interpretar a informação publicada. Mais: vc pode tudo. É direito seu. Faça o BO!

  • Ei, Jeso!! Acho super oportuna a comenda, pois todos eles rolaram na mesma lama, então, tem que condecorar os seus iguais enlameados. Os verdadeiros heróis nessa história com certeza deverão ser lembrados em breve por aqueles que estão do lado da Justiça. Cada um homenageia os seus. O povo está vendo, e creio que até o dia das eleições, daqui há pouco mais de dois anos, fatos novos ocorrerão para que não se esqueçam da lambança que fizeram com o dinheiro publico.

  • Cadê a foto da enfermeira denunciada recebendo a homenagem na Câmara?

  • Parabéns a enfermeira Mara, merecedora dessa honraria. A sua situação como ré na perfuga, expõe a falta de conhecimento do delegado sobre o SUS e a parcialidade do MP em embarcar em um processo totalmente sem fundamentos.

  • Parabéns Jeso você é condecorado por divulgar aquilo que quase sempre está obscuro aos olhos da sociedade, continue seu honrado trabalho.

  • COISAS DE SANTAREM!!!!!!!!!!!!!

  • COISAS DE SANTAREM

  • Acho que a liberdade de expressão não se estende ao julgamento antecipado. Não é porquê uma pessoa está sendo processada que ela já é culpada. O que você escreveu infelizmente está gerando interpretações irreais por mentes distorcidas. É triste ver que a defesa do bom jornalismo fica afundada no pântano da necessidade de aparecer, por meio de notícia sensacionalista, onde o “jornalista” não mede o risco de colocar o nome e a carreira de uma pessoa que é antes de tudo inocente, a não ser que se prove o contrário, na lama das bocas maldizentes. Peço respeito, peço consideração. Como já foi dito acima, deixem o julgamento terminar, deixem o juiz proferir a sentença para que seja separado o joio do trigo. Esses comentários feitos contra a Sra. Mara, dão embasamento legal à ela para processar todos que a estão maldizendo, mas nenhum processo compensa o desgaste emocional gerado pelas calúnias acima citadas.

    • Miguel, relatamos um fato. Real. Concreto. Insofismável. Que nem a Unama ousou, quando contactada, rebatê-lo.

      Com relação a “interpretações irreais por mentes distorcidas”, não temos como deter esse problema. É questão pessoal. Pertinente a cada leitor e leitora. O texto é bem claro: Mara é ré. E não condenada.

      No que tange à ações na esfera judicial, é direito legítimo, certo e líquido recorrer à Justiça quem se sente injustiçado.

      Reafirmamos: a Unama pecou feio neste episódio.

    • Miguel, só o FATO da Sra. Mara Enfermeira ser RÉ na Operação Perfuga já seria um bom motivo para a UNAMA ter cautela e um pouco de lucidez na questão da indicação . O que vemos é que tem gente que adora e aceita cegamente a ” INVERSÃO DE VALORES ” .Sem medo de errar podemos afirmar que Jeso Carneiro tem razão em sua matéria. Realmente a indicação da UNIVERSIDADE DA AMAZÔNIA foi monumentalmente INFELIZ .

      • Miguel, só o FATO da Sra. Mara Enfermeira ser RÉ na Operação Perfuga já seria um bom motivo para a UNAMA ter cautela e um pouco de lucidez na questão da indicação. O que vemos é que tem gente que adora e aceita cegamente a “INVERSÃO DE VALORES”. Sem medo de errar podemos afirmar que Jeso Carneiro tem razão em sua matéria. Realmente a indicação da UNIVERSIDADE DA AMAZÔNIA foi monumentalmente INFELIZ .

  • Então, se querem criticar a decisão da Unama, critiquem, mas usem sua liberdade de expressão de forma moderada, e não condenem quem não foi condenado e que pode estar envolvido nisso simplesmente por ter trabalhado perto dos verdadeiros errados. Todos vocês têm que pensar assim: Se fosse comigo? Se fosse com meu filho? Se fosse com minha irmã? Acho que ninguém gostaria, não é mesmo?

  • E ate uma ofensa a memoria de Anna Neri, usa um comenda em seu nome/memoria para homenagear uma pessoa que junto com essa corja de malandro da câmara sentenciaram varias paciente a morte ao tirá-los da fila de espera da para colocar seus apadrinhados ou quem pagou alguma propina para passa na frente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *