Prefeitura inicia nas férias reforma e ampliação de 3 unidades escolares em Santarém
Escola de Artes Emir Bemerguy, alvo de reformas

A Prefeitura de Santarém inicia este mês a ampliação e reforma de 3 unidades escolares: Ecila Nobre dos Santos, Delano Riker Teles de Menezes e escola de artes Emir Hermes Bemerguy.

A ideia é aproveitar o período de férias. Na escola Ecila Nobre, segundo a secretária municipal de Educação, Mara Belo, há um pavilhão com estrutura inadequada. No lugar dele, será construído um novo pavilhão, moderno e adequado para atender a secretaria, a sala dos professores, salas de aula e atendimento multidisciplinar.

Os recursos orçados para essa construção são de R$ 283.535,28.

Na escola Delano Riker será construído um pavilhão com 2 salas de aula, para atender turmas que estavam estudando em ambientes improvisados. Os custos serão de R$ 123.348,37.

 

Na escola de artes será construída uma sala de dança, revitalização do palco e pintura geral. A sala será exclusiva e apropriada para atender as danças, uma das oficinas mais procuradas.

“Não havia esse espaço e como arte é muito importante na formação integral do educando. O governo municipal vai viabilizar mais essa demanda na Escola de Artes”, ressaltou Mara Belo.

O valor investido na construção e revitalização é de R$ 186.792,95.

Mara Belo destacou que na escola Ecila Nobre, além da reforma, será feita a revitalização completa, incluindo a mobília de sala de aula, como premiação pela conquista da maior pontuação no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), pontuando 6.7, diante de uma meta de 5.5.

LEIA também: Nélio paga primeira parcela do 13º, e injeta R$ 28 milhões na economia de Santarém

“A escola por um longo período mantém o crescimento dos seus índices, superando as metas estabelecidas pelo Ideb”, destacou.

Sobre o retorno em agosto das atividades escolares dos alunos nessas escolas, ela frisou que não haverá qualquer interferência na rotina dessas unidades.

“Na Ecila Nobre, a gestão escolar, em parceria com a comunidade, encontrou solução para acomodar as turmas que vão precisar de um espaço temporário, possibilitando que o retorno das atividades no segundo semestre seja normal”, finalizou.

Com informações da Prefeitura de Santarém

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *