Empresa pede autorização da Antaq para instalar porto em praia de Belterra. Foto - Jeso Carneiro

Praia de Aramanaí, próximo ao porto da LN, em Belterra. Foto: Jeso Carneiro

Já há empresa interessada construir um porto no rio Tapajós em Belterra, filão aberto pelo prefeito Doutor Macêdo (DEM).

A LN Guerra Indústria e Comércio de Madeiras, com sede em Belém, protocolou pedido de autorização junto à Antaq (Agência Nacional de Transportes Aquaviários), para explorar e instalar uma ETC (Estação de Transbordo de Carga).

A carga a ser movimentada é madeira em tora, serrada e beneficiada.

A estimativa do volume de cargas é de 100 mil metros cúbicos de madeira por ano.

O pedido de autorização está protocolado na Antaq desde julho do ano passado.

O local para construção da ETC fica entre as praias de Pindobal e Aramanaí, no Porto Novo.

Leia também:
Redução da APA de Aramanaí, em Belterra, cai no radar do Ministério Público

  • 24
    Shares

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

5 Comentários em: Empresa pede autorização da Antaq para instalar porto em praia de Belterra

  • Essa área deveria ser de preservação, mas servirá para poluição do Tapajós e contrabando de madeira, bem longe dos olhos da polícia.

  • Imagine um Porto desse dentro de uma FLONA, com essas raposas cuidando: Nem pensar!

  • Belterra abrindo espaço para o desenvolvimento, possibilitando que seu povo tenha uma melhor condição de vida.
    Parabéns prefeito…

  • isso e incrivel, so acontece em nossa regiao, proibiram toda e qualquer movimentacao de veiculos nas praias(que concordo plenamente), e vao instalar um porto pra poluir mais que tudo. “”pode isso jeso??”””

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *