Matéria do blog sobre despejo deixa pistola militantes do DEM em grupo do WhatsAPP, Erasmo, Henderson, Maria José e Lira Maia

A famiglia Maia: Erasmo, Henderson, Maria José e Joaquim

por Jeso Carneiro (*)

A reação não poderia ser diferente.

Militantes do DEM que participam do grupo da legenda no WhatsAPP em Santarém, oeste do Pará, ficaram irritados com a matéria, publicada ontem, 7, em que o blog revela a situação de penúria da sigla, com ameaça de ser despejada de sua sede local, por aluguel atrasado e com a energia cortada por falta de pagamento.

Irritados e, principalmente,  surpresos.

É que na reportagem  há prints de conversas entre os integrantes do grupo, que é fechado.

O ataque dos demos, tão logo a publicação foi ao ar, foi imediato. Nenhum deles, porém, contestou a veracidade da denúncia. Todos dirigidos a mim, autor da matéria, a fuzilaria.

“É um merda”, escreveu Yuri Arts. “Mas esse que traiu o partido é um fdm [Filho-da-mãe]”, completou.

“De uma coisa esse FDP [Filho-da-puta] deve saber! Que ninguém rouba pra sustentar partido”, disparou Erasmo Maia, presidente local do DEM, réu em processo de improbidade administrativa na Justiça por desvio de recursos públicos.

Grupo do DEM no WhatsAPP

Sobrou até para uma suposta infidelidade da esposa deste blogueiro.

“Esse Jeso deve ser o maior corno de Santarém, [a] vida dele é falar dos outros”, escreveu um endemoniado Renato.

O grupo “DEM Santarém Mais Forte” possui 81 participantes – número de hoje à tarde.

Tem como administradores os vereadores Henderson Pinto, hoje no MDB, Maria José Maia e Tadeu Cunha, além de Erasmo Maia e Renato.

Eles também participam do grupo:

— Dilton Santiago

— Josilene Pinto

— Saulo Miranda

— Baiana

— Donaldo Beto

— Joaquim Azevedo

— Vanda Maia (Semed)

— Paulo Celson

— Azivaldo

— Walkíria Coelho

— Adriano Borboleta

— Betinho Sá

— Aliete Pereira

— Nélio Aguiar

— Ray Pereira

— Elian

— Nonato

— Pimentel

— Wander

— César Cabral

— Anderson Silva

REABERTURA DA SEDE

Em nota à imprensa na manhã de hoje, o DEM declarou que a situação de penúria financeira ocorre desde quando o multiprocessado ex-prefeito Lira Maia  deixou a presidência estadual do partido em “abril de 2016”.

Foi quando os repasses dos recursos do fundo partidário para o DEM em Santarém foram suspensos.

O atual presidente da sigla no Pará é o deputado federal Hélio Leite.

Abaixo, a íntegra da nota do DEM santareno:

Grupo do DEM no WhatsAPP

“Nota Democratas

O Partido Democratas informa que sua sede em Santarém, localizada na Av. Mendonça Furtado 2638 – Bairro Fátima, reabrirá a partir de segunda-feira (11/05).

Esclarece ainda que desde Abril de 2016, quando Lira Maia deixou a presidência do partido Regional, não houve mais o repasse dos recursos do fundo partidário, para custear despesas com a manutenção da sede, como aluguel e energia.

As despesas são custeadas pela contribuição dos parlamentares de mandato e filiados, que contribuem de forma voluntária, não sendo estipulado nenhum valor específico.

O Partido ressalta também que não vincula nomeações a apoio financeiro de filiados, nem utiliza de artifícios para se apropriar do dinheiro público para quitar despesas partidárias, como ocorre ou ocorreu com partidos envolvidos em corrupção.

Democratas de Santarém”.

– – – – – – – – – – – – – – – –

* É editor do Blog do Jeso.

Leia também:
STF suspende censura a blog por críticas à operação Lava Jato

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

4 Comentários em: Matéria do blog sobre despejo deixa pistola militantes do DEM em grupo do WhatsAPP

  • Maias:um câncer a ser estuprado da vida publica!
    #somostodos jesocarneiro!

  • Não pagam por que não querem! São tudo Pineiro essa cambada.

  • Desespero na (in)civilização maia e laranjal do planalto… Minha inteligência é pouca estou tentando entender a afirmativa: “Que ninguém rouba para sustentar partido!” alguém pode me explicar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *