Nos EUA, Facebook já perdeu 15 milhões de usuários desde 2017, principalmente jovens, facebook

Após múltiplos escândalos de privacidade e anos de relatos de que jovens estavam deixando o Facebook, a empresa parece efetivamente estar perdendo público.

Um estudo da Edison Research aponta que, nos Estados Unidos, justamente o mercado mais lucrativo para a companhia, a base de usuários da rede social diminuiu em cerca de 15 milhões.

A pesquisa parte dos números anunciados trimestralmente pelo Facebook, que relatam um aumento constante na base de usuários tanto mensalmente quanto diariamente, chegando a 2,32 bilhões.

Porém, o estudo vai contra o fluxo e apresenta a grande evacuação dos jovens e apesar de não deixar claro os motivos de saída, podem ser feitas algumas especulações sobre o assunto.

Existem muitos motivos para a evasão de usuários.

Entre os jovens, a rede social já perdeu o status “cool” há um bom tempo, e a falta de credibilidade após vários escândalos também ajuda a causar a perda de público.

O estudo da Edison também aponta que a quantidade de membros da rede com 55 anos ou mais aumentou consideravelmente. Isso pode justificar a queda como uma mudança de público alvo.

O Facebook está se tornando algo para os mais velhos, enquanto os jovens fogem para outras redes sociais, como o Instagram, justamente para se refugiar de pais e familiares.

MAIS ORGÂNICO

Essa dinâmica é curiosa porque significaria que, na prática, o Facebook não está perdendo usuários, e sim apenas os remanejando, já que o Instagram também pertence à empresa fundada por Mark Zuckerberg.

Mas por que a mudança de redes? Pode ser pelo fato do Instagram ser visto como algo mais orgânico, que não coleta tantos dados pessoais quanto o Facebook e nem é uma plataforma principal para a divulgação de fake news e anúncios, o que o transforma em um sucesso entre os jovens.

O Instagram soma 1 bilhão de usuários cadastrados e 400 milhões de usuários mensais na ferramenta Stories, praticamente copiada do Snapchat por Zuckeberg e que teve pouco sucesso em sua implementação no Facebook.

O recurso é vital na comunidade jovem atualmente, o que quer dizer que o maior competidor da rede social mais famosa de Zuckerberg, é justamente outro de seus produtos. 

Com informações de The Verge

Leia também:
5 escolas quilombolas em Oriximiná passarão a ter sistema de internet via satélite

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *