Áudios revelam pagamento de R$ 100 mil para cada voto na cassação de prefeito, Bena Navegantes

Bena Navegantes, do Prós, prefeito interino de Tucuruí e alvo da grave denúncia

Uma denúncia de pagamento de propina e compra de votos será protocolada na manhã desta segunda-feira, 19, em Belém, no Grupo de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público do Pará. A informação é do portal Pará News.

Na denúncia, foram apresentados 2 áudios que revelam a compra de votos para cassar o mandato do prefeito afastado de Tucuruí, Artur Brito (PV), em uma sessão extraordinária prevista para acontecer às 17 horas de amanhã, 19,, na Câmara de Vereadores.

Segundo a denúncia, o prefeito interino, Bena Navegantes (Pros), ofereceu a importância de R$ 100 mil reais para cada vereador que votar pela cassação do mandato do prefeito afastado.

Os advogados do prefeito Artur Brito disseram que a denúncia é grave e precisa ser investigada.

Quanto à sessão marcada para esta segunda-feira, os advogados dizem que estão absolutamente tranquilos porque o prazo de afastamento estipulado pela Câmara já se expirou, sendo absolutamente nulo qualquer ato que atente contra a integridade do mandato do prefeito Artur Brito.

“Já ingressamos com um mandado de segurança na comarca local e também em Brasília para brecar qualquer ato ilegal da casa de leis”.

Em dezembro de 2017, a Câmara de Tucuruí afastou o prefeito do cargo pelo prazo de 90 dias. No entanto, em fevereiro deste ano, acatando a uma reclamação dos advogados do prefeito, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, cassou a decisão da Câmara, e determinou o imediato retorno de Artur Brito ao comando do Executivo de Tucuruí.

OUTRO LADO

O portal Jeso carneiro tentou contato com o prefeito interino Bena Navegantes, para se manifestar sobre os áudios, mas não obteve êxito. O espaço está aberto para os contrapontos dele.

Leia também:
MP recebe denúncia contra prefeito de Tucuruí: nepotismo e fraudes em licitações

  • 14
    Shares

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Um comentário em: Áudios revelam pagamento de R$ 100 mil para cada voto na cassação de prefeito

  • Quê absurfo desse tal bena cheio de ambição parece que nunca viu dinheiri na vida …fora inpostor!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *