Delegado da Perfuga pede novo prazo para inquérito que investiga 7 vereadores, Delegado e ex-vereador
Kleidson Castro investiga o ex-vereador Luiz Alberto

Chegou à Justiça pedido feito por delegado da Polícia Civil do Pará de um novo prazo para conclusão do inquérito que investiga o envolvimento de 7 vereadores de Santarém na Perfuga.

A solicitação do delegado Kleidson Castro foi despachada nesta segunda-feira pelo juiz da 1ª Vara Criminal de Santarém, Alexandre Pizzi, para manifestação do Ministério Público do Pará.

Só depois do parecer do MP é que o juiz decidirá. Contudo, o normal é o deferimento desse tipo de requisição.

O inquérito é sigiloso.

Os vereadores alvos são:

— Ney Santana (PSDB);

— Sílvio Neto (PTB) e

— Sílvio Amorim (PSC).

Além dos ex-vereadores: Nicolau do Povo (DC), Marcela Tolentino (Solidariedade), Luiz Alberto (DC) e Reginaldo Campos (PSC), que está preso e cujo mandato foi cassado no ano passado.

Todos faziam parte da Mesa Diretora da Câmara de Santarém no biênio 2015-2016, uma das gestões da Casa sob o radar investigativo da operação Perfuga. A Casa nesse período era presidida por Reginaldo.

O inquérito tramita na Justiça desde abril deste ano.

  • 125
    Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *