Juiz autoriza saída de Reginaldo Campos do 3º BPM para depor na Câmara

No próximo dia 23, Reginaldo Campos (PSC) estará de volta à Câmara de Vereadores de Santarém – 107 dias depois de ser afastado involuntariamente da Casa, em consequência da operação Perfuga, em agosto deste ano, quando foi preso.

O parlamentar, no entanto, ficará por apenas poucas horas, para fazer a sua defesa nos autos do processo de cassação aberto contra ele na Câmara.

Em decisão ontem, 7, o juiz Rômulo Nogueira de Brito, a pedido da comissão processante da Câmara, deferiu a autorização para que Reginaldo Campos seja conduzido à Sala das Comissões, para que ele faça a sua defesa oral aos vereadores Alyson Pontes (PSD), Jardel Vasconcelos (Podemos) e Tadeu Pereira (DEM), integrantes da comissão.

O depoimento do presidente local do PSC está marcado para às 10h.

Ele está preso em cela especial no 3º BPM (Batalhão da Polícia Militar), na avenida Cuiabá, em Santarém.

Leia também sobre o caso:
Delação do ex-nº 1 do RH da Câmara vai além dos crimes da Perfuga

  • 22
    Shares

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

2 Comentários em: Juiz autoriza saída de Reginaldo Campos do 3º BPM para depor na Câmara

  • Reza a lenda nos bastidores da câmara, que estes vereadores que vão ouvi-lo já receberam visitas às escondidas por pessoas ligadas ao ex-vereador. Sobre qual assunto trataram, apenas quem possui atributos da divindade pra responder.

  • estao armando na camara para que a votação seja swcreta no dia da cassação!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *