Justiça acata denúncia e mais 8 pessoas viram réu da Perfuga; confira os nomes, Promotores e delegado da Perfuga
Promotores e o delegado que comandam a Perfuga em Santarém 

A Justiça aceitou denúncia formulada pelo Ministério Público do Pará em Santarém contra 8 pessoas acusadas de envolvimento na Perfuga. Agora, eles assumem a condição de réus no processo, em tramitação desde fevereiro deste ano.

A decisão foi proferida nesta quarta-feira pelo juiz Alexandre Rizzi, que responde atualmente pela 2ª Vara Criminal de Santarém.

“Recebo a denúncia oferecida pelo Representante do Ministério Público, por preencher os requisitos exigidos pelo artigo 41 do Código de Processo Penal, e não incidir qualquer das hipóteses de rejeição previstas no artigo 395, do mesmo diploma legal”, justificou o magistrado, em decisão de apenas 4 páginas.

“A materialidade delitiva restou devidamente comprovada através dos documentos acostados aos autos. Os indícios suficientes de autoria estão consubstanciados nos depoimentos colhidos na fase inquisitorial, bem como em colaboração premiada”.

Todos os 8 réus respondem as acusações em liberdade.

Foram enquadrados pelo Ministério Público em prática de crimes de peculado, formação de bando ou quadrilha.

Eis eles:

— Antônio Ivo Gomes de Lima; 
— Edirlane Pedroso Lopes
— José Adenilzo Correa Branco
— Marcos Luiz Rocha Costa
— Raimundo Ivanilzo Correa Branco
— Ramilson Prestes dos Santos
— Samuel da Conceição Fernandes
— Sebastião Oliveira Lopes
— Socorro Bessa Leal

A audiência de instrução e julgamento do caso foi marcada para março do próximo ano (dia 28), às 8h30.

Neste link, a íntegra da decisão.

Leia também:
Perfuga investiga desvio de gasolina e óleo diesel na Prefeitura de Óbidos

  • 104
    Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *