Justiça mantém diretora de TV como inventariante do espólio de Joaquim Pereira, vania maia TV
Vânia Pereira Maia, diretora executiva da TV Tapajós

A Justiça decidiu manter a diretora executiva da rádio e TV Tapajós (afiliada da Rede Globo em Santarém), Vânia Pereira Maia, como inventariante do espólio de Joaquim da Costa Pereira, pai da empresária que faleceu aos 80 anos em janeiro de 2010.

A decisão foi proferida nesta quarta-feira pelo juiz Valdeir Salviano da Costa, da 1ª Vara Cível e Empresarial de Santarém.

O pedido de remoção de Vânia Maia como administradora judicial do espólio da família foi feito pela defesa de Joaquim da Costa Pereira Filho, irmão da empresária.

Joaquinzinho, como é mais conhecido, alegou que a irmã deixava de cumprir suas obrigações de inventariante, que não aceitava propostas amigáveis de partilha dos bens e que estaria  travando o processo.

Em decorrência, pediu à Justiça que Vânia Maia fosse substituída por outro herdeiro no encargo.

O magistrado não acatou o pedido.

“O feito [processo] encontra-se em andamento normal e inclusive foi realizada partilha dos bens que se encontravam livres e desembaraçados entre os herdeiros”, justificou o juiz.

“Inexistente, a meu sentir, as razões de remoção da inventariante”.

OS HERDEIROS

São 6 os herdeiros legais do rico empresário Joaquim da Costa Pereira. Eles estão subdivididos em 2 blocos, para efeito de partilha parcial.

PRIMEIRO BLOCO
— Vera Ilma Soares Pereira, 62 anos;
— Joaquim da Costa Pereira Filho, 60 anos, e
— Vânia Suely Pereira Maia, 58 anos.

SEGUNDO BLOCO
— Nivaldo Soares Pereira, 61 anos;
— Donaldo Soares Pereira, 54 anos, e
— Joaquim Manuel Cardoso Pereira, 65 anos.

A íntegra da decisão de hoje

Leia também:
Prefeitura fecha contrato com hospital particular para cirurgias eletivas do SUS

  • 93
    Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *