Lira Maia é processado por envolvimento na farra das passagens aéreas

O MPF (Ministério Público Federal) apresentou à Justiça 28 denúncias contra 72 ex-deputados por envolvimento na chamada “farra das passagens aéreas”, como ficou conhecido o escândalo de viagens irregulares compradas com verba parlamentar.

As denúncias são pelo crime de peculato (desvio de dinheiro público), segundo o portal G1.

O ex-deputado federal multiprocessado Lira Maia (DEM) é um dos paraenses que aparece na lista dos denunciados.

Neste link, confira a lista completa dos políticos denunciados, segundo divulgação no site da Procuradoria da República no Distrito Federal.

A “farra das passagens” foi revelada pelo site Congresso em Foco em 2009.

Na época, o site relatou que políticos usaram a cota parlamentar de viagens para emitir bilhetes para amigos e parentes, em alguns casos até com destinos internacionais.

ANÁLISE DA JUSTIÇA

Depois que o caso se tornou público, o então presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), anunciou mudanças no uso das passagens, restringindo viagens internacionais e limitando o benefício a parlamentares e assessores.

As denúncias do MPF se referem a casos investigados entre 2007 e 2009. As acusações foram enviadas para a Justiça Federal do DF, que agora vai analisar se abre processo contra os ex-deputados.

O MPF considera que os 72 ex-parlamentares investigados compraram 13.877 bilhetes no esquema irregular e gastaram R$ 8,3 milhões.

No final de julho, a Procuradoria Geral da República (PGR) anunciou que vai apurar se há indícios do envolvimento de 199 políticos com foro privilegiado no Supremo Tribunal Federal com a “farra das passagens”.

Os políticos com foro são aqueles que atualmente possuem mandato parlamentar, ou são ministros do governo ou do Tribunal de Contas da União.

Na avaliação do procurador-geral, Rodrigo Janot, ainda não há indícios suficientes de atos ilegais dos 199 políticos. Por isso, de acordo com o procurador, é “razoável uma apuração inicial no âmbito do Ministério Público”.

Leia também
Operação da Polícia Civil prende ex-presidente da Câmara de Santarém

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

3 Comentários em: Lira Maia é processado por envolvimento na ‘farra das passagens aéreas’

  • E ESTE VAI PRESO QUANDO??????

  • O sobrinho dele, Handerson Pinto segue no mesmo caminho.
    Engana o pobre com falsa promessa. É contumaz na prática do fisiologismo, empreguismo enfim, faz a velha política como seu tio.
    Esse tipo de político devem rechaçar do cenário.

  • Tem é que devolver aos cofres públicos TUDO o que ele roubou, assim como todos demais desse partido vergonhoso!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *