Perdeu, playboy! Tribunal enterra recurso de advogado contra suposta calúnia de blogueiro, Rodrigo Jennings

Rodrigo Jennings, advogado derrotado em 1ª e 2ª instâncias

O TJ (Tribunal de Justiça) do Pará manteve a decisão de 1ª instância que absolveu o repórter e blogueiro Jeso Carneiro da acusação de suposta calúnia contra o advogado Rodrigo Jennings de Oliveira, de Santarém.

A decisão, monocrática, foi proferida pela desembargadora Vânia Lúcia Silveira, da 1ª Turma de Direito Penal, no último dia 18.

A defesa do blogueiro foi feita pela jovem advogada Jéssica Célia Carneiro.

Segundo a desembargadora, a defesa de Jennings não pagou as custas do recurso de apelação, por isso a peça não foi acatada.

“Instados os advogados [de Jennings] a promoverem o recolhimento das custas processuais, estes deixaram de fazê-lo. Verifica-se, portanto, ausência de pressuposto objetivo para admissibilidade do recurso, consubstanciada na falta de preparo do mesmo”, justificou a desembargadora.

“Não sendo o querelante [Jennings] beneficiário da justiça gratuita, competia-lhe efetuar o preparo do recurso no prazo legal (…). Assim, ante à ausência de preparo do recurso, outra medida não resta senão o não conhecimento do recurso. É o voto”.

Leia também:
Queixa-crime de advogado contra jornalistas é julgada improcedente pela Justiça

  • 1
    Share

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

3 Comentários em: Perdeu, playboy! Tribunal enterra recurso de advogado contra suposta calúnia de blogueiro

  • “Verifica-se, portanto, ausência de pressuposto objetivo para admissibilidade do recurso, consubstanciada na falta de preparo do mesmo” Entre outras palavras do censo comum, a desembargadora desenhou o caminho da escola para o nobre advogado. Um vexame do tamanho do VADE MECUM que ele parece nunca ter lido.

  • Como pode um advogado entrar com um recurso na Justiça e não saber que tem que pagar? Com todo respeito, mas acho que esse advogado perdedor queria se promover em cima deste grande blog. Parabéns ao jornalista Jeso Carneiro.

  • Na justiça ele não conseguiu dar pino.esse rapaz não merece o nome q tem,uma vergonha só pra família.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *