Polícia Federal prende ex-deputado do PT em nova fase da Lava Jato, Deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP)

Cândido Vaccarezza, segundo as investigações, era ‘padrinho’ de um esquema criminoso dentro da Petrobras

A Polícia Federal (PF) deflagrou, nesta sexta-feira, a 43ª e a 44ª fases da Lava-Jato em São Paulo e no Rio de Janeiro. O ex-deputado federal Cândido Vaccarezza, ex-PT, é um dos alvos de prisão temporária, segundo informação do jornal O Globo.

É a primeira vez que a PF realiza duas fases da operação ao mesmo tempo. As operações foram batizadas de Sem Fronteiras e Abate, respectivamente.

Foram expedidas 46 ordens judiciais, sendo seis mandados de prisão temporária, 29 de busca e apreensão e 11 de condução coercitiva.

Segundo a PF, a Operação Sem Fronteiras mira a relação entre executivos da Petrobras e grupos de armadores estrangeiros para “obtenção de informações privilegiadas e favorecimento obtenção de contratos milionários” com a estatal.

A Operação Abate, por sua vez, investiga um grupo criminoso que seria “apadrinhado” por Vaccarezza.

A PF suspeita que o ex-parlamentar utilizava influência para obter contratos da Petrobras com uma empresa estrangeira, que teria direcionado recursos para pagamentos indevidos a executivos da estatal e agentes públicos e políticos, além do próprio ex-deputado.

CONEXÃO COM O DOLEIRO YOUSSEF

Em 2015, a Polícia Federal indiciou Vaccarezza em meio às investigações da Operação Lava-Jato, por recebimento de propina derivada de contratos da Petrobras.

O inquérito apontava indícios de corrupção passiva dos três políticos.

Segundo o documento, Vaccarezza teria recebido em seu apartamento, em São Paulo, valores do doleiro Alberto Youssef, personagem central da Lava-Jato, a mando do ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, para a sua campanha à Câmara de 2010

Vaccarezza deixou o PT em 2016 após alegar divergências com a então presidente da República, Dilma Rousseff.

Leia também
Lira Maia é condenado pela 3ª vez; agora por desvio de R$ 44 milhões do IPMS

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

2 Comentários em: Polícia Federal prende ex-deputado do PT em nova fase da Lava Jato

  • Minha expectativa é a chegada de uma operação da PF no PT de Santarém.

  • Que é isso? Mais um Ex- PT, ..Ex- Líder no Governo de Dilma e Lula e sua Organização Criminosa….. inocente e preso injustamente, É golpe !!!! Ele nunca fez nada, nunca soube de nada, nunca viu nada, é inocente ! Isso é coisa de Coxinha ?
    Caramba, como tem ladrão nesse PT, ( Partido TRAIDOR)..
    E cadê os Aguerridos Vermelhinhos?………. ESCONDIDOS EM SUAS COVAS….é bom que fiquem por ai mesmo…..
    PT…..Nunca me enganaste…..És pior que todos ……falei todos os outros partidos juntos…..ganhas com sobra……És uma ABOMONIÇÃO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *