Prisão temporária depresos na Perfuga encerra hoje; vídeo da prisão do chefe, Membros do MP e Polícia Civil que comandaram a Perfuga

Membros do MP do Pará e Polícia Civil que comandaram a operação Perfuga, deflagrada na segunda-feira, 7

Termina hoje, 11, o prazo de 5 dias de prisão temporária da maioria dos presos na operação Perfuga, deflagrada pela Polícia Civil e MP (Ministério Público) do Pará na última segunda-feira, 7.

Apenas 2 continuarão atrás das grades:  o vereador Reginaldo Campos e a enfermeira Sarah Campinas de Oliveira, que estão sob regime de prisão preventiva, quando não há prazo para soltura.

O prazo legal da prisão temporária é de 5 dias.

No rol dos que devem ser soltos hoje estão os advogados Esequiel Aquino Azevedo e Wilson Gonçalves Lisboa.

A operação Perfuga apura crimes de peculato, falsificação de documento público, corrupção e associação criminosa. O chefe, segundo as investigações policiais, seria o vereador Reginaldo Campos, do PSC.

O esquema criminoso teria ocorrido nos anos de 2015 e 2016, quando o parlamentar exerceu a presidência da Câmara Municipal de Santarém.

No vídeo abaixo, o exato instante que o vereador, na última segunda-feira, entrou preso na 16ª Seccional da Polícia Civil do Pará em Santarém, para prestar depoimento.

Sobre o caso, leia também:
Nepotismo na Perfuga: sogro de vereador preso estava lotado na Câmara
Operação Perfuga: Sespa afasta 9 servidores do Setor de Regulação em Santarém

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

4 Comentários em: Prisão temporária de presos na Perfuga encerra hoje; vídeo da prisão do chefe

  • Será que existe a possibilidade de se aumentar essa prisão de cinco dias para pelo menos cinco anos? Assim eles (presos) teriam mais tempo para refletir e discernir entre o BEM e o MAL.

  • Errar em âmbitos da vida, quais sejam passíveis de perdão quando ofendido a outrem em esfera social e/ou familiar, deve se procurar o consenso para harmonizar os laços, mas aqui se trata de criminosos contumazes.
    O caso do pseudo pastor e vereador Reginaldo, é de cunho investigativo judicial, mormente por se tratar de um policial militar que devia ser exemplo de agente da lei e representante dos direitos dessa sociedade na câmara dos vereadores eleito pelo povo; o acusado em epígrafe não só cometeu erros gravíssimos, mas CRIMES gravíssimos que abalam profundamente seu comprometimento com seus deveres políticos e sociais, entra em rota de colisão com as entidades quais ele representava, e por conseguinte, os meandros para prática criminosa.
    O ônus das provas apresentados pelos respeitáveis órgãos: polícia civil é Ministério público, não deixa nenhum tipo de dúvidas, achismos, perseguições, e/ou eivas contra o acusado Reginaldo, pois, as provas apresentadas apontam diretamente as práticas criminosas perpetradas pelo acusado e todos aqueles que foram presos nessa operação (Perfuga) os quais também devem responder pelos seus atos criminosos…
    Quanta verba desviada poderia ser usada em benefício dessa sociedade Santarena para se obter: saúde, creches, tratamento contra o (Câncer), melhores condições para o trabalho dos professores, agentes de segurança pública, saúde, não olvidando da precariedade de esgotamento sanitário, infraestrutura ,melhora no transporte e outros serviços os quais são necessários para uma sociedade viver razoável.
    Serviço que o então vereador acusado deixou de prestar.
    Destarte, não foi assim o que se pode observar com sua prisão, mas , a casa luxuosa do acusado em condomínio fechado , residência do senhor Reginaldo campos, local onde o proletariado não passa, volume de bens não condizentes com suas rendas ;funcionários fantasmas que uniram se criminosamente ao então vereador acusado para desviar verbas públicas, precipuamente advogados : Ezequiel , Wilson, estendendo sr a enfermeira Sara, os quais praticaram esses crimes de desvio de verba pública sem nenhum escrúpulo , não se importando com essa sociedade.

    No tocante ao título de “PASTOR” o qual acreditamos que lhe deu Ascenção ao crescimento político, resta nos apenas nos consternar juntamente com aqueles que de forma ilibada professam a fé em Deus…
    Infortunamente, existem esse tipo de pessoas inescrupulosas que visando proveitos, permeiam esses sagrados locais( Igrejas )que servem para celebrar a fé em Deus, mas usam para seus benefícios criminosos que são premeditados contra fiéis , levando os aos engodos e/ou cobiças de ganhos fáceis como o casos de vários evangélicos envolvidos com os crimes do senhor Reginaldo.
    lamentável!!! Inobstante apareceram alguns incautos que veementemente defendem o Reginaldo, não sabendo o quanto males ele e seu bando criminoso causou a esta sociedade, seja nos tempos passados como presentes…..Existem milhares de criminosos que aparentemente não são nocivos até que pratiquem crimes contra qualquer um de nós. Se o código penal, processual e outros meios de leis denotam que os autores de crimes devem ser punidos como reprimenda pelo ato ilícito, vamos apreciar a justiça aplicar as devidas penas aos supraditos criminosos, dando lhes o pleno direito de ampla defesa , assim, no final sejam julgados e condenados.

  • Tomara que não acabe em pizza pois essa turma do PMDB, DEM E PSDB partidos dos bandidos apronta apronta e NADA acontece!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *