Dadai e Reginaldo

Mano Dadai, vereador e ex-assessor de Reginaldo Campos

O vereador Mano Dadai (PRTB) e sua ex-esposa Patrícia Pereira Gonçalves foram presos na manhã de hoje, 18, em nova fase da operação Perfuga em Santarém.

A prisão preventiva e busca e apreensão na residência dos dois foi uma ação conjunta da Polícia Civil e do Ministério Público do Pará.

Dadai e Patrícia eram assessores da Câmara de Vereadores de Santarém na época em que Reginaldo Campos ocupou o cargo de presidente da Casa (2015-2016).

Dadai, que assumiu o cargo de vereador em dezembro do ano passado com a renúncia de Reginaldo Campos, foi levado para 16ª Seccional da Polícia Civil, onde foi interrogado.

Yanglyer Glay Santos Matos, o Mano Dadai, é estreante na carreira política.

Obteve pouco mais de 1 mil votos (exatos 1.055) na eleição de 2016, e ficou na 1ª suplência da coligação Construindo o Poder Popular, composta pelo PSC, PRTB, PP, PROS e PSB.

O delegado Kleidson Castro, responsável pelas investigações da Perfuga, foi quem prendeu o parlamentar.

A prisão dele, conforme o portal Jeso Carneiro apurou, é resultado das delações de Andrew Silva, em novembro de 2017, e de Reginaldo Campos, em janeiro deste ano.

O pedido de prisão foi feito junto a 1ª Vara Criminal de Santarém, e assinado pelos promotores Rodrigo Aquino, Ramon Furtado Santos, Maria Raimunda Tavares e Bruno Fernandes Freitas.

Mano Dadai e Patrícia são acusados, entre outros crimes, de peculato e associação criminosa no período em que Reginaldo Campos, acusado de ser o chefão da Perfuga, dirigiu a Câmara de Vereadores.

BATISMO DA OPERAÇÃO

A operação ganhou o nome de “Placitum”, que significa em latim “acordo” ou “convenção”, porque a contratação da servidora pública, supostamente fantasma, teria nascido em um acordo político.

Essa foi a sexta fase da Perfuga.

No vídeo abaixo, o trecho em que Reginaldo Campos entrega em delação premiada Mano Dadai e Patrícia Gonçalves.

Hoje à tarde, às 15h30, o Ministério Público do Pará em Santarém dará entrevista à imprensa sobre essa nova fase da Perfuga.

Com informação da redação e do MP do Pará/Polo do Baixo Amazonas

  • 68
    Shares

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

5 Comentários em: Vereador Mano Dadai é preso em nova fase da Perfuga em Santarém

  • E o que vai acontecer com os outros três vereadores que o Chefão Reginaldo delatou ?

  • Tem que prender também os outros vereadores que estão envolvidos…. Pois todo mundo sabe que todos tem assessores que iam a câmara municipal.

  • Quero dizer acima no que todos os vereadores tinham assessores que NÃO trabalhava na câmara. Nem aparecia… Porque só Reginaldo… Porque só Mano Dadai…. E os outros ??????

  • ESSES CRENTALHAS…ESSES CRENTALHAS……!!!!!!!!!

  • Cadeia pra todos esses bandidos em nome da democracia…Em nome dos que, ao perderem a saúde também são expostos a perda da dignidade nas filas humilhantes…Em nome de uma educação falida em si e nos que refletem a ignorância…Em nome dos que suplicam por saneamento nas horas em que a chuva e as doenças carregam sofrimento pra dentro das casas…mas acima de tudo CADEIA para que possamos enterrar esse sistema eleitoral pútrido e imoral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *